O “populismo da liberdade” como experiência

O LEVIATÃ DESLOCADO

O “populismo da liberdade” como experiência

Diplôs AL | Uruguai
por Pablo Semán e Nicolás Welschinger
8 de julho de 2022
compartilhar
visualização

A atração das multidões pelo líder de extrema direita argentino Javier Milei não se explica apenas analisando sua figura ou seu discurso, mas também compreendendo as experiências concretas de pessoas empurradas, desde antes da pandemia, para as inclemências de uma “vida neoliberal”: precisam ter esperança e são elas que alimentam um fenômeno político-social que muitos analistas se recusam a ver

O salto de Milei para uma escala nacional de massas na Argentina nos obriga a ir além das lideranças e a alcançar bases mais amplas. E nos obriga a ir além inclusive da identificação com o dogma libertário, que está sendo maciça em espaços como as redes sociais ou em eventos como o que aconteceu …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

RELAÇÕES EXTERIORES

Lula em Washington: entre compromisso político e autonomia

Online | Brasil
por Luciana Wietchikoski e Lívia Peres Milani
UM MÊS DE GOVERNO LULA PELOS EDITORIAIS DO ESTADÃO

Terrorismo, genocídio e uma escolha muito difícil

Online | Brasil
por Marcelo Semer
SER AMADO OU SER TEMIDO?

Lula à luz do “Príncipe” de Maquiavel

Online | Brasil
por Railson da Silva Barboza
A SOMBRA DO EXTREMISMO

Encarar o abismo

Online | Brasil
por Marcos Woortmann, Alexandre Araújo e Guilherme Labarrere
REACIONARISMO

Contra Olavo

Online | Brasil
por Felipe Luiz
MERCADO

O governo Lula e a “política” do mercado financeiro

Online | Brasil
por Pedro Lange Netto Machado
NEGLIGÊNCIA

Os Yanomami são um paradigma ético mundial

Online | Brasil
por Jelson Oliveira
APAGÃO JORNALÍSTICO

O escândalo da Americanas: bom jornalismo é ruim para os negócios

Online | Brasil
por Luís Humberto Carrijo