O que a esquerda não percebe nas classes populares

A QUESTÃO DO CUSTO DE VIDA É CENTRAL

O que a esquerda não percebe nas classes populares

Edição 174 | França
por Pierre Souchon
3 de janeiro de 2022
compartilhar
visualização

O preço da gasolina, que fez os Coletes Amarelos saírem às ruas, nunca havia tido a honra de merecer reivindicações das organizações de esquerda. Nas classes populares, esse está longe de ser o único tema que não encontra repercussão política nem sindical…

“Preço da gasolina ou do combustível da luta de classes.” A propósito da reivindicação inicial dos Coletes Amarelos, esse subtítulo de uma revista próxima do Novo Partido Anticapitalista (NPA) não apresenta nenhuma ambiguidade: é como se fosse “Sublevação popular no Irã”.1 Para as revoltas iranianas do outono de 2019, os comunicados de solidariedade da esquerda …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

ARQUITETURA

Brasília: imagens de Três Poderes

Online | Brasil
por Adalberto da Silva Retto Júnior
DISPUTA EM ABERTO

O papel vindicado pelos trabalhadores plataformizados na atual agenda de governo

Online | Brasil
por Gabriela Neves Delgado e Bruna Vasconcelos de Carvalho
PUNITIVISMO

Sobre morfinas, terrenos e o 8 de janeiro

Online | Brasil
por Hamilton Gonçalves Ferraz e Pedro Amorim
CAPITAL ESPECULATIVO

Globalização e Forças Armadas

Online | Mundo
por Antônio Carlos Will Ludwig
MIGRANTES VENEZUELANOS

Impressões do campo em Roraima

Online | Brasil
por Sofia C. Zanforlin
PARA COMPREENDER O NEOFASCISMO

O "fascismo eterno", revisitado

Online | Brasil
por Liszt Vieira
POVOS INDÍGENAS PÓS GOVERNO BOLSONARO

O Brasil verde-amarelo é um país sem cor

Online | Brasil
por Vinício Carrilho Martinez e Márcia Camargo
DIREITO À CIDADE

Inovação como integrante de um projeto social e político emancipatório

por Regina Tunes