O que a situação das prisões diz sobre a sociedade brasileira - Le Monde Diplomatique

O que a situação das prisões diz sobre a sociedade brasileira

junho 25, 2018
compartilhar
visualização

No programa Le Monde Diplomatique Brasil desta semana, duas antropólogas discutem a situação carcerária no país. Lançaram em conjunto o livro BR 111 a rota das prisões brasileiras resultado de uma série de artigos publicados anteriormente no jornal

Nesta quinta-feira, dia 28, a partir das 16h, será transmitido nas redes sociais do jornal mais um programa Le Monde Diplomatique Brasil em parceria com a TV PUC, abordando dessa vez a situação carcerária no país e de que forma ela reflete a organização da sociedade brasileira. O debate, mediado por Luis Brasilino, trará a voz de duas antropólogas especializadas na questão, sendo que ambas atuam em áreas de pesquisa interseccional dentro do assunto no que tange raça, classe, gênero e sexualidade. Natália Corazza é doutora em antropologia social e pesquisadora do Núcleo de Estudos de Gênero Pagu, da Unicamp, e Natália Lago é doutoranda na USP e antropóloga do Numas (Núcleo de Estudos sobre Marcadores Sociais da Diferença).

As duas publicaram no Le Monde Diplomatique, entre o final de 2015 e início de 2016, uma série de artigos a respeito do funcionamento da máquina carcerária, explorando sua relação com diversas questões como o crescimento do tráfico e do crime organizado e as formas de violência gestadas dentro dela. Posteriormente, a reunião, expansão e atualização destes artigos resultou no livro BR 111 a rota das prisões brasileiras, publicado pela Veneta. O programa poderá ser assistido no Facebook e no Youtube

 



Artigos Relacionados