Arquivos Assembléia - Le Monde Diplomatique

Para obrigar os Estados a cumprir sua palavra

A Primavera Árabe, que alguns enterraram meio rápido demais, certamente não terminou de render seus frutos. Um dos mais surpreendentes e inesperados, dada a conjuntura, é o projeto de um tribunal constitucional internacional. A ideia nasceu do desgosto de Moncef Marzouki, atual presidente da República da Tunísia (até que instituições estáveis sejam estabelecidas no país …

Como e o quê?

A reforma política está presente na agenda nacional há vários anos, mas nas últimas semanas, após as manifestações e o pronunciamento da presidente Dilma Rousseff, um novo ingrediente, que diz respeito ao “processo”, foi acrescentado. Isto é, qual é o caminho para fazer a reforma política. Assembleia Nacional Constituinte? Plebiscito? Referendo? Iniciativa popular? Congresso faz …

Mulheres na política: a desigualdade persiste

“Além de representante feminina, única nesta Assembleia, sou, como todos os que aqui se encontram, uma brasileira, integrada nos destinos do seu país e identificada para sempre com os seus problemas. […] Num momento como este, em que se trata de refazer o arcabouço das nossas leis, era justo, portanto, que [a mulher] também fosse …

Os mistérios do Partido Comunista Chinês

(Estudantes formam a bandeira do Partido Comunista Chinês durante a celebração de seu 90° aniversário) No bairro de Weigongcun, na ampla calçada que liga Renmin Daxue – a Universidade do Povo, uma das mais velhas de Pequim – à estação de metrô com o mesmo nome, a municipalidade instalou um terminal eletrônico, com tela tátil …

Nos jantares do Siècle, a elite se fortalece em silêncio

Publicado nos Estados Unidos em 1956, em plena Guerra Fria, A elite do poder, de Charles W. Mills, suscitou intensas controvérsias. Esse livro demonstrava que o país que devia encarnar o pluralismo democrático era na verdade controlado por uma estreita minoria de indivíduos empoleirados nos cargos de comando das mais poderosas instituições da sociedade moderna …

Um sonho desfeito

Enquanto a Segunda Guerra Mundial prosseguia na Ásia, a adoção da Carta das Nações Unidas, em junho de 1945, em São Francisco, marcava uma virada radical na história das relações internacionais. Todo recurso à força – a guerra ou qualquer outra forma de intervenção militar – passou a ser, em princípio, proibido. Um órgão centralizado, …