Arquivos Senado - Le Monde Diplomatique

A conjuntura política brasileira, as terras e as vidas dos índios

Estes são tempos de vertigem. Desde que Michel Temer assumiu a Presidência, sucessivos eventos têm apontado para o recrudescimento da ofensiva contra os povos indígenas e para um retrocesso sem precedentes na garantia dos direitos territoriais desses povos. A aliança entre Temer e a bancada ruralista, selada assim que se consolidou o impeachment de Dilma …

A irrelevância do direito

O impeachment da presidenta eleita Dilma Rousseff seguiu a forma e o rito previstos na Constituição Federal. O Supremo Tribunal Federal foi acionado para preencher as lacunas da lei e precisar o procedimento a ser cumprido. Ré e advogado de defesa poderiam fazer uso da tribuna em sua integralidade. A pressa em adiantar o processo …

Brasil, refém dos “300 picaretas”

  O Brasil está confrontado com uma tripla crise: econômica, política e institucional. Depois de doze anos de crescimento, o gigante latino-americano se afunda na recessão. O PIB deve recuar 3% este ano, e a contração deverá permanecer em 2016, em um contexto de explosão do desemprego (quase 8%, contra os 4% em 2014) e …

Tenebrosas transações

  Interregnum, conceituou Antonio Gramsci (1891-1937), ao escrever seus Cadernos do cárcere, com o tempo que a prisão na Itália fascista lhe permitia para especular sobre o curso da história. Ele se referia àquele período de incerteza, de imprevisibilidade, véspera de grandes mudanças, “quando um sistema de poder está em colapso, mas seu sucessor ainda …

O Congresso e sua pauta conservadora

No Brasil, convivemos em um ambiente de moralismo justiceiro, com uma combinação de quatro fatores que são sinônimo de crise em qualquer conjuntura ou lugar: a) um Congresso conservador e capturado pelo poder econômico; b) um governo fraco; c) um Judiciário midiático; e d) uma imprensa tendenciosa. Neste texto cuidarei apenas da pauta priorizada pelo …

Golpe franco no Paraguai

(Fernando Lugo discursa em Assunção uma semana após o golpe do dia 22 de junho) O assassinato era o componente que faltava para submeter o presidente paraguaio a um julgamento político. Desde que assumiu a presidência, tentaram processar Fernando Lugo 23 vezes. Na 24ª, venceram. Mas, para isso, seis policiais e onze camponeses tiveram de …