Arquivos preconceito - Le Monde Diplomatique

Maioridade penal: mitos e fatos

Mais uma vez a sociedade brasileira é bombardeada por uma campanha pelo retrocesso na legislação e nas políticas públicas relativas à responsabilização de adolescentes infratores. Desde a entrada em vigor do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), em 1990, sempre que os cálculos político-eleitorais de lideranças e grupos conservadores revelam oportunidade de exploração da …

Avançamos e levamos porrada ao mesmo tempo

LE MONDE DIPLOMATIQUE BRASIL – O cotidiano LGBT vem melhorando no Brasil nos últimos anos? KLECIUS BORGES– A grande mudança das últimas duas décadas foi o aumento da visibilidade do que a gente chama de as diferenças de sexualidade e identidade. Até então, a homossexualidade ou as sexualidades menos de acordo com a heteronormatividade viviam …

A igualdade de gênero é boa para a segurança e o desenvolvimento econômico. Então, por que ela não é uma prioridade?

A violência contra as mulheres não acontece por acaso. Quanto maior a desigualdade de gênero, mais graves são os níveis de violência contra as mulheres. O inverso também é verdadeiro: quanto maior a igualdade entre os sexos, mais segura é uma sociedade para todos. Os dados não deixam dúvidas: um dos melhores indicadores de estabilidade …

Uma nova ordem bipolar: a tragédia de um discurso superficial

A bipolaridade na política age como um imã. Exatamente como a Terra para a bússola. Em política, o magnetismo atrai os indivíduos que vagam em um mundo onde o excesso de opções suscita angústia. Quando nos distanciamos da política parlamentar e nos aventuramos pelo pensamento político-cultural dos cidadãos, nos deparamos com uma divisão (às vezes …

O filho dos outros

Desde que a PEC da Redução da Maioridade Penal voltou à pauta da Câmara dos Deputados, com proposta de redução da imputação penal no Brasil de 18 para 16 anos, um pequeno grupo de jovens jornalistas, fotógrafos, pesquisadores e artistas  reuniram-se para produzir um material audiovisual para suprir uma constada carência de informação sobre assunto. …

Ressentimento de classe

Em meu livro Mal-estar, sofrimento e sintoma (Boitempo, 2015) examinei a transformação das formas de sofrimento no que chamei de Brasil pós-inflacionário. Meu interesse inicial era sumamente psicanalítico. Queria saber por que o percurso do tratamento de meus pacientes diferia tanto desde que comecei a atender, por volta de 1991, sem recorrer apenas às hipóteses …

A pior crise política é a que nos condena ao governo pelo crime

Somos governados pelo crime. E com isso não quero dizer que o “crime organizado tomou conta do país” nem que o “Brasil é o país da corrupção”, como muitas vezes se escuta. Quero dizer que enquadrar como crime e distribuir (seletivamente) punições é hoje uma das principais ferramentas de governo em nosso país. A estratégia …

Frei Betto: intolerância diminuiu, mas é reforçada pelo neoliberalismo

DIPLOMATIQUE– Em sua opinião, o que é a intolerância e o que a alimenta? FREI BETTO – Intolerância, como friso no livro Reinventar a vida(Vozes), é a incapacidade de enxergar o outro, acatar a sua opinião, entender que todo ponto de vista é a vista a partir de um ponto. Alimentam-na a arrogância, a convicção …

Capitães da areia: até quando?

  Com publicação datada de 1937, a obra Capitães da areia, de Jorge Amado, repercutiu de forma polêmica, a ponto de ser censurada pelo Estado Novo varguista, sob acusação de propaganda comunista. Embora o comunismo fosse citado de forma lateral ao longo do texto, o enredo consiste numa crítica social relacionada a um problema latente …

O rolezinho como revelador do racismo e de estigmas eufemizados no cotidiano

Ao som de muito funk, acessórios e roupas de marcas, adolescentes e pré-adolescentes se identificam como “nós somos as rolezeiras”. “Rolezeira? Eu sou rolezeira”, responde a jovem à repórter do UOL. “Rolê? Rolê, para mim, é curtição, é sair, beijar na boca.” Na miríade de significados atribuídos ao “rolezinho” que encontramos na mídia, evocamos uma cena …