Arquivos Reforma Trabalhista - Le Monde Diplomatique

A fraude da austeridade fiscal e o colapso da Nova República Brasileira

A imprensa brasileira não promove um debate sério sobre o modelo de desenvolvimento para o Brasil. Seus comentaristas sempre recorrem à mesma ideologia liberal, que pretende privatizar tudo e “acalmar o mercado” com muita austeridade fiscal. O diálogo foca no modo e no momento em que se promoverão as privatizações, o que supostamente propiciará a …

por em

Totalitarismo neoliberal

Muito já foi escrito e pesquisado sobre a fase neoliberal do capitalismo atual, que se caracteriza como um conjunto de práticas econômicas, sociais e políticas, as quais visam emular em todos os aspectos da sociedade uma dinâmica concorrencial, como se os indivíduos e o Estado fossem empresas, competindo uns com os outros pelo melhor desempenho. …

por em

O fim do novo sindicalismo

O mapa da crise O mercado de trabalho brasileiro vive uma crise dramática. Não há indicador que aponte um cenário positivo para a classe trabalhadora, em curto ou médio prazo. A longo prazo, o cenário pode ser catastrófico. Isso porque as opções político-econômicas do Brasil, no último período, ressaltaram uma tendência neoliberal de desmonte de …

por em

Enfim, a classe trabalhadora chegou ao paraíso?

A palavra empreendedorismo vem ganhando espaço, desde a crise econômica de 2008, com ênfase em algumas de suas dimensões, supostamente positivas para o trabalhador: a não existência de chefes definindo o quê e como fazer; e a liberdade para decidir quando e onde fazer. Por outro lado, aspectos como insegurança, risco, ausência de direitos, isolamento …

por em

Intermitentes e imprevidentes

Neste país muito macunaímico, tragédias, farsas e comédias frequentemente se mesclam e se confundem, convertendo-se assim em mecanismos vitais de obliteração de nossas mazelas. E assim la nave va… Faz muito que aprendemos que, “se tal coisa não for feita”, o país soçobra. Para não voltarmos muito no tempo e na história, Collor dizia que, …

por em

Desemprego e precarização vêm à tona

A reforma trabalhista completou em agosto nove meses de vigência e já é evidente seu fracasso na missão de criar mais empregos formais de qualidade e contribuir na retomada do crescimento econômico. Com o aprofundamento da crise econômica a partir de 2015, o Brasil acompanhou os malabarismos teóricos de economistas ortodoxos para estabelecer uma relação …

por em

Souto Maior: ‘reforma trabalhista não deve sequer ser considerada como lei’

O senhor diz que o retrocesso da reforma trabalhista é tanto que faz nossa legislação recuar para a lei de locação de serviços de 1830. Quais são os desrespeitos dessa “reforma” em relação aos direitos conquistados ao longo dos últimos dois séculos? Essa fala no sentido de que a reforma trabalhista representa um retrocesso ao …

por em

A depredação do trabalho no Brasil

No Brasil, todos os anos, milhares de pessoas morrem no trabalho ou por conta de doenças decorrentes de suas atividades laborais. Segundo relatório do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), divulgado no final de 2015, o Brasil é o 3º país do mundo com mais registros de mortes por acidentes de trabalho no …

por em

E se refundarmos a legislação trabalhista?

Só um cego discordaria da necessidade de uma reforma profunda do direito trabalhista. Na história da humanidade, as mudanças técnicas sempre acarretaram a refundação das instituições. Foi assim com as revoluções industriais anteriores, que, depois de perturbarem a antiga ordem do mundo abrindo as comportas da proletarização, da colonização e da industrialização da guerra e …

por em

Reforma trabalhista: um tiro pela culatra

O projeto da reforma trabalhista que tramita no Congresso, com grandes chances de aprovação, martela seis justificativas para se flexibilizar direitos dos trabalhadores: a obsolescência das normas trabalhistas, a capacidade jurídica do trabalhador, a insegurança jurídica, a importância de valorizar a negociação coletiva, os índices de desemprego e a alta taxa de litigiosidade. Entretanto, parece …

por em