Contar as histórias na primeira pessoa - Le Monde Diplomatique

FILMES ISRAELENSES

Contar as histórias na primeira pessoa

por Prolongeau Hubert
4 de maio de 2010
compartilhar
visualização

Há 15 anos crescendo em sucesso de público e arrecadação, a indústria cinematográfica de Israel mergulha no encalço de Amos Gitai e, contraditoriamente, conta com o apoio de um Estado cuja rigidez política não impede de patrocinar filmes muito críticos em relação ao ideal sionista

A cena cinematográfica de 2009 foi marcada por três filmes israelenses muito diferentes, todos, porém, com raízes fincadas numa realidade social retratada sem complacência: Pecado da carne, de Haim Tabakman, que abordou a homossexualidade numa comunidade ortodoxa; Vasermil, de Mushon Salmona, retrato da juventude desempregada de Ber Sheeba; e Zião e seu irmão, drama sobre …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

ELEIÇÕES 2022

Voto útil: o chamado ao primeiro turno em 2022

Online | Brasil
por Luísa Leite e Alexsandra Cavalcanti
CORTE INTERNACIONAL DE JUSTIÇA

Uma escolha nada difícil

Online | Brasil
por Guilherme Antonio de A. L. Fernandes
CENÁRIO LATINO-AMERICANO

Os desafios da “nova Onda Rosa” na América do Sul

Online | América Latina
por João Estevam dos Santos Filho
AUTOCRATIZAÇÃO

Erosão democrática no Brasil de Bolsonaro

Online | Brasil
por Carolina Azevedo
GUILHOTINA

Guilhotina #185 - José Celso Cardoso Jr. e Monique Florencio de Aguiar

DEMOCRACIA AMEAÇADA

Três dimensões para pensar a eleição mais importante da Nova República

Online | Brasil
por João Rafael Gualberto de Souza Morais
Qual é o plano?

A guerra às drogas precisa parar. Os presidenciáveis estão preparados para essa conversa?

por Juliana Borges
O AGRO NÃO PRODUZ COMIDA, PRODUZ FOME

Cozinhas Populares apontam caminhos para a soberania alimentar

por Campanha Periferia Viva