Da resistência à rebelião - Le Monde Diplomatique Brasil

EDITORIAL

Da resistência à rebelião

por Silvio Caccia Bava
31 de outubro de 2019
compartilhar
visualização

Inicialmente pacíficas, as manifestações de desobediência civil expressas em grandes manifestações de rua sofreram a violência das forças de repressão e não só ganharam maior adesão da população, como também radicalizaram suas demandas. A questão deixou de ser o aumento das tarifas e passou a ser o questionamento das políticas que geram as desigualdades e, nessa medida, o questionamento do próprio capitalismo em sua forma neoliberal e financeirizada atual.

“É na política econômica deste governo que se percebe uma gigantesca atrocidade que castiga milhões de seres humanos: a miséria planificada…”1 Étienne de La Boétie, em 1571, publicou o Discurso sobre a servidão voluntária, um texto curto em que ele diz que o poder de um monarca não se baseia em seu Exército, mas na …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

Guilhotina

Guilhotina #46 – Paulo Nogueira Batista Jr.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

Nós podemos reduzir a violência pela metade até 2030

por Robert Muggah
PETRÓLEO

O que está por trás do leilão dos excedentes da cessão onerosa

Online | Brasil
por Rodrigo Leão
Estado e mercado

Noturno do Chile

Online | Chile
por Gilberto Clementino Neto
Deus acima de todos

Em meio ao fake history e fake news, é tudo verdade

Online | Brasil
por Wallace de Moraes
Povo brasileiro

Apenas reagir ou inventar o Brasil que nós queremos?

Online | Brasil
por Leonardo Lusitano
Cinema

Coringa e o semblante da margem

Online | Brasil
por Eduardo Rebuá
PODCAST

Guilhotina #45 – Natalia Timerman