Skip to content
4 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Tânia Maria Barbosa
3 de dezembro de 2023 12:46

Faz sentido sentido sim expandir o ead! Quando a pessoa tem vontade de aprender a modalidade não importa, ela vai para cima estuda, pesquisa e aprende.

Júlio César Marques Barbosa
3 de dezembro de 2023 12:56

O problema não está nas universidades particulares que tem EAD,eu estou uma numa universidade particular,o problema está públicas que tem militantes de esquerdas atrapalhando o ensino,e não estudam e nem deixam ninguém estudar e uma bagunça.

Renato Bezerra Xavier
4 de dezembro de 2023 19:48

Sim. Faz um enorme sentido tendo em vista. O buraco enorme de pessoas ricas formadas ante pessoas pobres

Leodario Schuster
5 de dezembro de 2023 10:53

Via de regra as universidades particulares, em especial aquelas que já estão atuando há diversos anos, exemplo Unopar, Anhanguera e outras que tem largo conhecimento do EAD e também oferecem cursos híbridos, tem contribuído enormemente para proporcionar educação de qualidade nos mais longínquos rincões deste Brasil continental. Inúmeros cursos ofertados, a exemplo os de licenciatura os formados obtém as melhores colocações em concursos públicos.
É para esse ponto que deve ser levado o foco do EAD, proporcionar educação de qualidade a quem por inúmeros fatores não consegue uma graduação presencial, o EAD é acessível financeiramente e o aluno pode trabalhar em tempo integral e cursar ao mesmo tempo. Será uma perda imensurável qualquer medida que restrinja o EAD ofertados pelas boas instituições. Os picaretas, aquelas universidades de uma sala só, essa sim devem ser olhadas de forma diferente.

COPYLEFT © LE MONDE DIPLOMATIQUE

Desenvolvido por: Prima Estúdio

AcessarAssine