Pequim usa as finanças para atacar Washington - Le Monde Diplomatique

MAIS DE US$ 1 TRILHÃO INVESTIDOS POR NORTE-AMERICANOS NA CHINA

Pequim usa as finanças para atacar Washington

por Philip S. Golub
3 de novembro de 2021
compartilhar
visualização

A entrada da China na Organização Mundial do Comércio, em 2001, foi facilitada pela esperança dos Estados Unidos de que a liberalização econômica do país levaria à “abertura política”. Vinte anos depois, é exatamente o contrário: a desregulamentação serve a Pequim, que se apoia nas transnacionais norte-americanas para se opor às tendências protecionistas da Casa Branca

Em seu discurso de abertura no Fórum Boao, o equivalente chinês do Fórum Econômico Mundial de Davos, o presidente da China, Xi Jinping, convocou, em abril, uma nova ordem internacional. Referindo-se aos Estados Unidos, rejeitou qualquer ideia de “guerra fria” e de “hegemonia”, antes de declarar: “Devemos promover a liberalização e a facilitação do comércio …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

O AGRO NÃO PRODUZ COMIDA, PRODUZ FOME

Por que a reforma agrária não acontece?

O AGRO NÃO PRODUZ COMIDA, PRODUZ FOME

Por que podemos dizer que agro é fome?

por Yamila Goldfarb
O agro não produz comida, produz fome

As doenças do capitalismo e a luta contra o agronegócio

por Allan Rodrigo de Campos Silva
OPINIÃO

Por que Lula? Nem caserna, nem casa-grande

Online | Brasil
por Berenice Bento
AMAZÔNIA OCUPADA #3

Madeira da Amazônia: normas avançam, mas só 10% da extração é regular

Online | Brasil
por Felipe Betim
CHILE – LIÇÕES DE UMA DERROTA

Jogar o jogo: nove parágrafos para uma nova força transformadora

por Jorge Arrate
O RETUMBANTE TRIUNFO DO REJEITO NO PROJETO CONSTITUCIONAL

No Chile, o futuro que nos escapou

por Álvaro Ramis
QUAL É O PLANO?

Programa de Bolsonaro quase assume a responsabilidade pela tragédia na educação

por Antonio Carlos Souza de Carvalho