Pequim usa as finanças para atacar Washington - Le Monde Diplomatique

MAIS DE US$ 1 TRILHÃO INVESTIDOS POR NORTE-AMERICANOS NA CHINA

Pequim usa as finanças para atacar Washington

por Philip S. Golub
3 de novembro de 2021
compartilhar
visualização

A entrada da China na Organização Mundial do Comércio, em 2001, foi facilitada pela esperança dos Estados Unidos de que a liberalização econômica do país levaria à “abertura política”. Vinte anos depois, é exatamente o contrário: a desregulamentação serve a Pequim, que se apoia nas transnacionais norte-americanas para se opor às tendências protecionistas da Casa Branca

Em seu discurso de abertura no Fórum Boao, o equivalente chinês do Fórum Econômico Mundial de Davos, o presidente da China, Xi Jinping, convocou, em abril, uma nova ordem internacional. Referindo-se aos Estados Unidos, rejeitou qualquer ideia de “guerra fria” e de “hegemonia”, antes de declarar: “Devemos promover a liberalização e a facilitação do comércio …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

Prefácio à edição brasileira

O liberalismo foi cumplice da escravidão e dos regimes nazifascistas

por Jones Manoel
Romaria pela Ecologia Integral a Brumadinho

Memória, justiça e esperança

Online | Brasil
por Dom Vicente Ferreira
3 anos do crime da Vale em Brumadinho

Enchente de lama tóxica, de impunidade e de contaminação

Online | Brasil
por Marina Paula Oliveira
ENTREVISTA DEBORAH DUPRAT

Sentir sede em frente ao rio

Online | Brasil
por Sabrina Felipe
40 MILHÕES

Encontrar a paz no quarto com cadáveres na sala

Online | Brasil
por Paulo Ferrareze Filho
REFLORESTAMENTO E "CIVILIZAÇÃO ECOLÓGICA"

Civilização ecológica em um só país?

Online | Mundo
por Z Fang do Coletivo Lausan (Hong Kong)
Guilhotina

Guilhotina #151 - Rafael Toitio

Precisamos falar sobre Cuba - Parte III

Atualidades e considerações gerais

Online | Cuba
por Maurício Brugnaro Júnior