Arquivos classe social - Le Monde Diplomatique

Hollywood e a liberdade norte-americana

Africanos, asiáticos e ocidentais unidos para defender a liberdade norte-americana. Disso se trata o filme Independence day: o ressurgimento. No 4 de Julho, alienígenas invadem a Terra, mais especificamente os Estados Unidos. A cabeça da líder da espécie invasora lembra o penteado das rainhas inglesas (coincidência?). Em um dado momento da aventura, a nave alienígena …

O mito da ascensão social por meio do basquete norte-americano

Sentado em sua cama num quarto bem-arrumado, um garoto negro contempla a bandeira de seu time do coração, os Knicks de Nova York. Ele veste a camisa de Kristaps Porzingis, jogador letão contratado em 2015 por US$ 6,5 milhões por ano, que empresta sua voz a essa publicidade da National Basketball Association (NBA – Associação …

Medianeiras e as janelas contraventoras

Medianeiras – Buenos Aires na era do amor virtual, primeiro longa-metragem do roteirista e diretor Gustavo Taretto, é um belo exemplo da qualidade do novo cinema argentino. No filme, a arquitetura da capital argentina é o pano de fundo no qual se desenrola o encontro de Mariana e Martín. Porém, diferentemente da proposta atual de …

A farsa das concessões privadas

Governos e empresas privadas vêm defendendo as parcerias público-privadas (PPPs) e as concessões como a solução para o saneamento básico no Brasil. A principal justificativa seria a falta de capacidade de endividamento de estados, municípios e outros operadores públicos. Além disso, o setor privado teria maior facilidade em acessar recursos públicos. Cidades do Rio Grande …

A elite dirigente dos negócios

Durante a última entrevista antes de sua morte, o sociólogo liberal Ralf Dahrendorf surpreendeu ao afastar-se de sua teoria mais conhecida, a de uma elite globalizada – ou “classe global”, na terminologia anglo-saxônica – destinada a dominar o planeta para além das fronteiras e do pertencimento nacional. Ao ser perguntado se esta havia sobrevivido à …

Nos jantares do Siècle, a elite se fortalece em silêncio

Publicado nos Estados Unidos em 1956, em plena Guerra Fria, A elite do poder, de Charles W. Mills, suscitou intensas controvérsias. Esse livro demonstrava que o país que devia encarnar o pluralismo democrático era na verdade controlado por uma estreita minoria de indivíduos empoleirados nos cargos de comando das mais poderosas instituições da sociedade moderna …

Um passeio pelo mundo dos grandes burgueses

Portes-en-Ré, uma ilha dentro da ilha. Rodeada pelo mar e pelos mangues, na ponta da Ilha de Ré, essa comunidade pouco frequentada pelo turista comum tornou-se um dos lugares de encontro das famílias da burguesia. Seduzidas pelo clima e pelo charme das casinhas baixas com seus quintais e jardins secretos, elas vieram comprar os imóveis …

Anatomia do poder

Nointerior da sociedade norte-americana, o essencial do poder nacional reside nas áreas econômica, política e militar. As outras instituições aparentam estar à margem da história moderna e, às vezes, parecem se submeter às três primeiras. Nenhuma família exerce nos negócios nacionais um poder tão direto quanto o de uma grande empresa; nenhuma igreja exerce na …

Estamos sofrendo uma manipulação brutal

DIPLOMATIQUE – No estudo “Cidades de exceção: reflexões a partir do Rio de Janeiro”, o senhor afirma que os megaeventos realizam de maneira plena e intensa a cidade de exceção. O que isso significa na prática? CARLOS VAINER – São processos resultantes de uma maneira de pensar a cidade que se fortaleceu com a ofensiva …

O Reino Unido vira a página

Um cartaz de campanha inesperado. Nele, o primeiro-ministro trabalhista Gordon Brown proclama, alegre: “Aumentei o abismo entre os ricos e os pobres. Deixem-me continuar”. A citação é de origem duvidosa, porém o fato mencionado não. No final dos anos Thatcher-Major, o 1% de britânicos mais ricos detinha 17% do rendimento nacional. Com a administração de …