Arquivos legislativo - Le Monde Diplomatique

O Estado profundo

Quando um chefe de Estado errático e desinteressado em aprender qualquer coisa que ele ignore comanda o mais poderoso Exército do mundo, todos ficam em alerta. Mas, quando Donald Trump ordenou que seus generais bombardeassem a Síria e se envolvessem em exercícios navais na Ásia, ele foi ovacionado pelos parlamentares norte-americanos, republicanos e democratas, bem …

Os poderes e a Justiça nos tempos do golpe

O dia 31 de agosto de 2016, data em que o Senado declarou o impeachment da presidenta Dilma Rousseff, entrou para a história do Brasil como marco de mais um golpe, agora sem o uso formal da violência física e das armas. Não foi à toa a preocupação manifestada pelo papa Francisco, em maio de …

As primárias de Vladimir Putin

Os dirigentes do partido Rússia Unida mostraram-se surpresos com a alta participação. No dia 22 de maio de 2016, mais de 10 milhões de cidadãos (cerca de 10% dos eleitores inscritos) participaram das eleições primárias daquele que é frequentemente chamado “o partido de Putin”. Antes da chamada ao sufrágio universal, os candidatos às eleições legislativas …

Nos Estados Unidos, o retorno discreto da discriminação eleitoral

Em março de 2014, a cadeira do republicano Charles William Young, morto alguns meses antes, foi colocada em disputa. A democrata Adelaide (“Alex”) Sink parecia a favorita nesse que é o 13o distrito da Flórida, onde Barack Obama venceu em 2008 e 2012. O adversário de Alex, o ex-lobista David Jolly, era impopular, levantou menos …

Conflitos entre poderes e visões de democracia no Brasil

“A presidente quis jogar a crise no colo do Congresso.” A recente irritação do presidente do Senado, Renan Calheiros, contra Dilma Rousseff sintetiza as tensões que vêm marcando a vida política brasileira pós-manifestações de junho. Motivado pela reação da chefe do Executivo à pressão das ruas, o episódio pode ajudar a compreender a preocupante insatisfação …

Judicialização da política no Brasil

A judicialização da política alcançou patamares alarmantes no Brasil. Sob o argumento de que vivemos sob uma democracia de direitos, o sistema de justiça passou a tutelar todas as áreas, interferindo em políticas públicas, imiscuindo-se no mérito do ato administrativo, desbordando de suas competências para envolver-se com assuntos que violam assim a autonomia dos poderes …

As consequências políticas da exceção russa

Após a queda do comunismo, a Rússia deparou com um desafio que nenhum outro Estado do mundo teve de enfrentar. Não somente devia abandonar a visão de si mesma como polo de uma civilização alternativa, com suas esferas de influência e territórios integrados, como também modificar radicalmente os princípios que organizavam o Estado e a …