A urgência do contrachoque - Le Monde Diplomatique

Crise financeira

A urgência do contrachoque

por Frédéric Lordon
5 de março de 2010
compartilhar
visualização

Enquanto os choques “ordinários” considerados por Naomi Klein tinham geralmente origens externas – golpes de Estado, contrarrevoluções, catástrofes naturais – e provocavam uma situação de desordem em consequência da qual a agenda neoliberal era implementada, o choque presente foi produzido no interior do sistema

Havia algumas boas razões para eu não estar inteiramente convencido da tese de Naomi Klein sobre a “doutrina do choque”.1 Sem dúvida, ela é muito pertinente no que diz respeito aos países do Sul ou ainda às economias em transição, mas não se aplica a todos os casos, como dá a entender. Afinal, é bastante …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

AMAZÔNIA OCUPADA #3

Madeira da Amazônia: normas avançam, mas só 10% da extração é regular

Online | Brasil
por Felipe Betim
CHILE – LIÇÕES DE UMA DERROTA

Jogar o jogo: nove parágrafos para uma nova força transformadora

por Jorge Arrate
O RETUMBANTE TRIUNFO DO REJEITO NO PROJETO CONSTITUCIONAL

No Chile, o futuro que nos escapou

por Álvaro Ramis
QUAL É O PLANO?

Programa de Bolsonaro quase assume a responsabilidade pela tragédia na educação

por Antonio Carlos Souza de Carvalho
GUILHOTINA

Guilhotina #184 - Jorge Chaloub

VIOLÊNCIA

O Brasil armado por Bolsonaro e seus legados

Online | Brasil
por Bruno Langeani
ELEIÇÕES 2022: A MÍDIA COMO PALANQUE I

Apresentadores de programas policialescos apostam na reeleição

Online | Brasil
por Tâmara Terso
RECIFE E REGIÃO METROPOLITANA

A ausência de políticas públicas e as consequências na vida das famílias atingidas pelas chuvas

Online | Brasil
por Neilda Pereira