Violações e resistências: as faces do direito à comunicação no Brasil

Direito à comunicação | Brasil
Uma mirada crítica para o que ocorreu no setor das comunicações em 2021 não deixa dúvidas de que, parafraseando Aldir Blanc e João Bosco, a democracia brasileira dança na corda bamba. Vimos o aprofundamento de violações como discursos de ódio contra mulheres, sobretudo negras, e população LGBTQIA+; violências contra comunicadores; narrativas policialescas fortalecidas na televisão aberta; desinformação. A terceira edição do especial sobre direito à comunicação o Brasil, editada por Patrícia Paixão de O. Leite e Paulo Victor Melo, mostram também as resistências.

25 de abril 2022

Com Bolsonaro, Brasil segue na contramão do direito à comunicação

Destruição da Amazônia. Garimpeiros invadindo territórios indígenas e praticando estupros, além de provocar mortes e desaparecimentos. Cerrado e...

por Patrícia Paixão de Oliveira Leite e Paulo Victor Melo

Desafios da educação pública na pandemia

O ano de 2021 ficará marcado na história da educação pública brasileira. Lamentavelmente, o fato se deve pouco ao marco centenário de Paulo Frei...

por Iago Vernek e Tâmara Terso

Impactos da desinformação no Brasil em tempos de Covid-19 e eleições

Entre o dia 11 de março de 2020, quando a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou a existência de uma pandemia de Covid-19, e 30 de abril do mesmo ano, as pesquisas na internet sobre a doença cresceram entre 50% e 70% nos públicos das diversas faixas etárias em todo o mundo, de acordo com a Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS). A título de exemplo, apenas no primeiro mês da pandemia, 361 milhões de vídeos foram carregados ...

por Cássio Santana

Acesso à internet ainda é entrave ao direito à comunicação

“Quase perdia a chance de fazer a matrícula por conta da internet que era péssima. Não era de boa qualidade. Sofri muito!”. O relato de dona Ma...

por Tâmara Terso

(In)visibilidades na rede: discurso de ódio e censura das plataformas

O debate público que ocorre no espaço digital é atravessado pelas regras de termo de uso e critérios nem sempre explícitos das plataformas digita...

por Isadora Lira

Lei Geral de Proteção de Dados não impede o vazamento de dados pessoais

O mundo vive as consequências da plataformização, com os modelos de funcionamento das big techs e a ascensão da internet, cada vez mais presente n...

por Ana Carolina Westrup

Violações na mídia e as conquistas do movimento pelo direito à comunicação...

“Já pensou em ter um filho viado e não poder matar?”. Esta frase foi dita no dia 18 de junho de 2021, em uma emissora de TV aberta, pelo apresen...

por Mabel Dias

Bolsonaro é o maior violador de direitos de comunicadores/as no país

Os índices de violência contra comunicadores/as continuam batendo recordes no Brasil. De acordo com o último relatório da Federação Nacional dos...

por Gizele Martins e Isadora Lira

Censura, propaganda oficial e ameaça de extinção rondam a EBC

Não é de hoje que os microfones da rádio Jovem Pan estão disponíveis para a unificação dos discursos neofascista e ultraliberal no Brasil. No d...

por Gésio Passos e Lucas Krauss

Especiais relacionados

Copa: futebol e política

Paixão das multidões, negócio bilionário, fator de mobilização social: o futebol é arrebatador. E, a cada quatro anos, as melhores seleções nacionais se reúnem ...

Desencarceramento como política de saúde

Este especial, uma parceria Le Monde Diplomatique Brasil e Radar Saúde Favela (Fiocruz), coloca no centro de suas reflexões o encarceramento e a produção da morte. Os...

O agro não produz comida, produz fome

Este especial, uma parceria Le Monde Diplomatique Brasil e Radar Saúde Favela (Fiocruz/RJ), coloca no centro de suas reflexões as correlações entre o agrocapitalismo...

Qual é o plano? Eleições 2022

O mês de outubro revelará as escolhas do povo brasileiro para a composição dos governos dos estados e do país. Isso se dará em um dos momentos sociais e políticos ...