Os guardiões da revolução - Le Monde Diplomatique

Irã

Os guardiões da revolução

por Behrouz Aref|Behrouz Farahany
3 de fevereiro de 2010
compartilhar
visualização

Enquanto o Irã celebra o 31° aniversário da revolução islâmica, o movimento de oposição coloca em evidência as complicadas mudanças sociais operadas a partir de 1979 e faz com que, diante da crise política, o governo hesite entre o compromisso com a sociedade e a repressão

Logo após o início da República Islâmica do Irã, em 1979, a desorganização do exército herdado da monarquia e o medo de um golpe de Estado levaram o aiatolá Khomeini a criar outra força militar. Nascida em 22 de abril, 1979, esta última foi chamada de “exército dos despossuídos” e legalizada pelo artigo 150 da Constituição …

Conteúdo apenas para Assinantes



Artigos Relacionados

Pesquisa

Concentração de entregadores nas regiões mais ricas da capital paulista

Online | Brasil
por Lívia Maschio Fioravanti
Direito à cidade

As perspectivas para o Brasil pós 2 de outubro

por Nelson Rojas de Carvalho
Eleições 2022: a mídia como palanque

Internet abre espaço para a diversidade de perfis, mas impulsiona velhas práticas

Online | Brasil
por Tâmara Terso
A CRISE DA CULTURA

Lei Aldir Blanc: reflexões sobre as contradições

por Rodrigo Juste Duarte, com colaboração de pesquisadores da rede do Observatório da Cultura do Brasil
AMÉRICA DO SUL

A “nova onda rosa”: um recomeço mais desafiador

Online | América Latina
por Cairo Junqueira e Lívia Milani
CORRUPÇÃO BOLSONARISTA

Onde está o governo sem corrupção de Bolsonaro?

Online | Brasil
por Samantha Prado
CONGRESSO NACIONAL

Financiamento de campanhas por infratores ambientais na Amazônia Legal

Online | Brasil
por Adriana Erthal Abdenur e Renata Albuquerque Ribeiro
EDITORIAL

Só existe um futuro para o Brasil, e ele passa pela eleição de Lula neste domingo

Online | Brasil
por Le Monde Diplomatique Brasil