Concentração da mídia e liberdade de expressão

Concentração da mídia | Brasil
Censura. Ataques a jornalistas e comunicadores. Desmonte da comunicação pública. Desinformação. Vigilância. Estes são alguns dos temas deste especial, produzido pelo Intervozes, que faz a retrospectiva das principais violações ao direito à comunicação e à liberdade de expressão no Brasil em 2019. O ano de 2019 começou como o de 2018 havia se encerrado: um país profundamente dividido no campo político, com uma economia estagnada e ataques aos direitos dos trabalhadores e das minorias. Também a democracia seguiu ameaçada por crescentes ataques à liberdade de expressão por pa...

18 de fevereiro 2020

A mídia alternativa ecoou as vozes não hegemônicas

O ano de 2019 foi marcado pela continuidade da turbulência social que vem sacudindo o Brasil, com as mídias exercendo um papel decisivo na agenda po...

por Alex Hercog

A estética dos programas policialescos chega ao noticiário tradicional

O fenômeno dos programas denominados policialescos têm se espalhado por todo o Brasil. É raro atualmente encontrar uma emissora de TV que não tenh...

por Mabel Dias

Tecnologias de vigilância e os desafios à Lei de Proteção de Dados

Nos anos 1920, o russo Ievguêni Zamiátin escreveu um romance distópico, em que o governo totalitário Estado Único havia privado a população de direitos fundamentais como a individualidade, a liberdade de expressão e a própria vida. O mundo de Nós, título da obra, era completamente mecanizado – hoje poderíamos dizer “algoritmizado”. Nele, é normal a lógica de controle preditivo, o tratamento das pessoas não por nomes, mas núm...

por Helena Martins

Reconhecimento facial: a banalização de uma tecnologia controversa

Em 2019, uma tecnologia que afeta a privacidade dos cidadãos e tem potencial discriminatório ganhou força no Brasil: o reconhecimento facial. Ela f...

por Helena Martins

Monopólios das plataformas digitais ameaçam democracia no Brasil

Conforme a agência de marketing We Are Social, cerca de 57% da população mundial esteve conectada à Internet em 2019. É possível, portanto, visu...

por Ana Carolina Westrup

Desinformação como estratégia de governo

O cenário de disseminação em massa de conteúdos falsos na época das eleições presidenciais de 2018 já profetizava a sequência do modus operan...

por Ana Carolina Westrup

Comunicação pública perto do fim

Não somente o candidato eleito, mas diversos nomes que pleitearam o cargo máximo da República declararam, durante a campanha presidencial de 2018, ...

por Bia Barbosa

Para os amigos, tudo. Para os inimigos, a lei

Quando o governo de Michel Temer, em 2016, promoveu sua primeira reforma administrativa e acabou com o Ministério das Comunicações (MiniCom), fundi...

por Bia Barbosa

Do discurso à prática: a violência atinge os jornalistas

O ano de 2019 começou com uma nova gestão no governo federal e uma grande incógnita sobre o que esperar do presidente Jair Bolsonaro. Para comunica...

por Alex Pegna Hercog

Primeiro ano de governo Bolsonaro é marcado por ataques à cultura

“O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete”, teria dito Aristóteles. “A mamata vai acabar”, afirmou Jair Messias Bolsonaro. “...

por Alex Pegna Hercog

Especiais relacionados

Mídia e pandemia: a democracia sob ataque

As crises ampliadas pela pandemia impactaram também o direito à comunicação. Em 2020, intensificaram-se as violações a direitos humanos na radiodifusão e ataques a...

Os desafios das frentes

O cenário para 2021 é sombrio. A lentidão na produção das vacinas e negligência do governo no enfrentamento da pandemia anunciam o agravamento da catástrofe social...

Cidades do amanhã

Resistências latino-americanas

Séries Especiais | América Latina

Nesta série, publicaremos textos de pesquisadores, pesquisadoras e ativistas sociais da América Latina que tratam da resistência ao projeto neoliberal em toda a regiã...