Para a África, produtos adulterados

O campo de tomates de 35 mu (2,3 hectares) fica perto de Wusu, uma cidade no norte de Xinjiang, na China, a meio caminho entre a capital regional, Urumqi, e o Cazaquistão. Entre uma centena de trabalhadores da colheita, a maioria migrantes de Sichuan e alguns uigures, uma jovem de 14 anos ergue o facão …

por em

Para quem a Belo Sun mente?

Em fevereiro de 2017, a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado do Pará (Semas/PA) autorizou a instalação da maior mineradora de ouro a céu aberto do Brasil. Trata-se do Projeto Volta Grande, da empresa canadense Belo Sun Mining Corporation, pertencente ao grupo Forbes & Manhattan Inc. e que será instalado na beira do …

por em

Profissão: deputado

Em 2013, uma deputada socialista da Gironda acusou alguns de seus jovens colegas de estarem desligados da “vida real” porque sempre teriam vivido apenas no “túnel da política”.1 Mais recentemente, em maio de 2016, um puro produto da elite francesa chamado Emmanuel Macron declarou: “Não faço parte dessa casta política e me felicito por isso. …

por em

A agricultura orgânica ameaçada pela indústria do “orgânico”

Nada se parece mais com uma maçã do que outra maçã”, afirma Claude Gruffat, CEO da Biocoop. O que faz a diferença são os valores. A agricultura orgânica representa hoje 5,7% das áreas agrícolas francesas, ou seja, três vezes mais que em 2002. Esse mercado em pleno crescimento atrai importantes grupos de beneficiamento e distribuição, …

por em

Novo massacre indígena no Maranhão

Os buracos de bala são as testemunhas na silenciosa e bucólica paisagem de um sítio na Baixada do Maranhão. Estão em troncos de árvores, nas paredes externas da casa. Traçam o caminho realizado por cerca de trinta indígenas do povo gamela, que haviam ocupado o local horas antes, recuando diante do avanço de 250 indivíduos, …

por em

A história do capitalismo contada pelo ketchup

No coração do Vale de Sacramento, na Califórnia, no salão de um restaurante decorado com ursos e cobras empalhadas, um homem morde seu hambúrguer diante de um frasco de ketchup. Chris Rufer, proprietário da Morning Star Company, é o rei mundial da indústria do tomate. Com apenas três fábricas, as maiores do mundo, sua empresa …

por em

Em Chiapas, a revolução continua

Eles têm medo que descubramos a possibilidade de governarmos a nós mesmos”, lança a maestra Eloisa. Essa frase é proferida desde 2013 a centenas de simpatizantes vindos do México e de fora do país para conhecer a experiência zapatista durante uma semana de imersão ativa. Batizada carinhosamente de “Escuelita”, essa iniciativa visava inverter a síndrome …

por em

A Palestina, sempre recomeçando

  No fim de abril de 2017, alguns parlamentares republicanos do Congresso dos Estados Unidos criaram um grupo (caucus) chamado “Israel Victory”.1 “Acreditamos”, declaram, “que Israel é vitorioso na guerra e que esse fato deve ser reconhecido se quisermos alcançar a paz entre Israel e seus vizinhos.” É necessário, diz um de seus membros, o …

por em

Anos loucos

A seus olhos a tempestade passou, a eleição de Donald Trump e o Brexit estão quase conjurados. A ampla vitória de Emmanuel Macron entusiasmou os meios dirigentes da União Europeia, e um de seus colunistas juramentados ronronou inclusive que se trataria da “primeira interrupção decisiva da onda populista”.1 Aproveitar o momento para fazer ser aprovada …

por em

A deriva brasileira no cenário internacional

Hangzhou/China – Presidente Michel Temer durante reunião da Cúpula do G20. ( Beto Barata/PR) Em maio, o Brasil chegou ao marco de um ano de governo Michel Temer. Este, para dizer o mínimo, foi guiado por propostas e ações baseadas em medidas de ajustes fiscais e reestruturações em áreas estratégicas da economia, da política e …

por em

Hora de quebrar ovos

No dia 17 de maio de 2017, o sonho do PSDB parece ter ido a pique. Segundo esse sonho, Michel Temer faria o serviço sujo, as eleições de 2018 seriam vencidas por um dos tucanos históricos, o país voltaria a crescer, devidamente alinhado com os Estados Unidos, sem espaço para “lulopetismos” e com o “custo …

por em

Antonio Candido e a era da incerteza

    No dia 12 de maio faleceu Antonio Candido de Mello e Souza. Muito se disse que, com sua morte, deu-se o fim de uma era. A frase é duvidosa. Preferível seria dizer que ele era o último expoente (sobrevivente?) de uma época fundacional e riquíssima, que como tal se exauriu e, como tal, …

por em

Será que todo mundo evaporou?

Crédito: Ana De Francesco “Bem ali, onde está aquele pé de cajá morto, era a casa de Diano, irmão de seu Dinaldo. Logo ali era a minha, pode encostar.” Cleo vai até a beira da voadeira, que na impossibilidade de atracar em terra é amarrada a uma árvore seca. A casa de Cleo, assim como …

por em

O mito da ascensão social por meio do basquete norte-americano

Sentado em sua cama num quarto bem-arrumado, um garoto negro contempla a bandeira de seu time do coração, os Knicks de Nova York. Ele veste a camisa de Kristaps Porzingis, jogador letão contratado em 2015 por US$ 6,5 milhões por ano, que empresta sua voz a essa publicidade da National Basketball Association (NBA – Associação …

por em

Em busca de uma alternativa

O que pode fazer a cidadania em relação à crise política que envolve todos os partidos e promove a rejeição do sistema político como um todo? Para responder a essa pergunta, o primeiro passo é fazer um diagnóstico do que está acontecendo. Não bastam as políticas de ajuste que sacrificam a educação, a saúde, a …

por em

TV a serviço da tecnologia do racismo

Foto: cena do documentário “A negação do Brasil” de Joel Zito   […] que foi que ocorreu para que o mito da democracia racial tenha tido tanta aceitação e divulgação? Quais foram os processos que teriam determinado sua construção? Que é que ele oculta, para além do que mostra? Como a mulher negra é situada …

por em

Patologias da democracia

Por muito tempo, a democracia foi considerada um ideal, um progresso, uma conquista. Hoje, na melhor das hipóteses, entende-se que ela entrou por um descaminho e, na pior, que ela constitui, intrinsecamente, uma impossibilidade. Em todo caso, ela parece não ter mantido suas promessas e corre o risco de se reduzir a um simulacro, ou …

por em

Água e agronegócio: uma relação a ser mais bem examinada

As cadeias produtivas da agricultura e das agroindústrias têm cada vez mais impactado os recursos naturais em nosso país. Recentemente a água tem se tornado objeto de atenção por conta de diferentes impactos e disputas (muitas vezes não explícitas) relacionadas com a mercantilização das águas doces, que envolve a manutenção dos ecossistemas, a agricultura de …

por em

No Reino Unido, eleições, sanduíches e buracos no asfalto

Se houvesse uma única palavra para qualificar o bairro de Mill Hill, em Broxtowe, na fronteira oriental de Nottingham, seria certamente “engomadinho”. Cercas-vivas de coníferas e gramados milimetricamente cortados, peônias robustas e tulipas, carros lavados há pouco. O candidato trabalhista Greg Marshall, que percorre essa asseada zona residencial a três semanas das eleições gerais, sabe …

por em