Onde estamos e para onde vamos?

    além do que foi possível escrever na Constituição Federal de 1988, assegurando inúmeros dispositivos de garantia de acesso aos direitos e serviços públicos universais, o povo brasileiro, em qualquer lugar do país, sabe e conhece o que são serviços públicos, onde eles estão, como se apresentam e o que podem significar na vida …

por em

Futebol americano: cada vez mais violento, cada vez mais lucrativo

O domingo, 1o de fevereiro de 2015, acontece o 49o Super Bowl, ápice do campeonato de futebol americano, um esporte derivado do futebol (chamado soccer nos Estados Unidos) e do rúgbi. Ritual nacional que glorifica a América musculosa e as lutas, esse encontro é o ponto culminante de uma temporada que vai de setembro a …

por em

Uma doutrina em questão

  Nos  anos 1990, as instituições internacionais formuladoras de políticas globais – como a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Banco Mundial e a Comissão Europeia – iniciaram uma ofensiva para privatizar bens públicos e submeter a ação do Estado e as políticas públicas aos interesses das empresas privadas. Secundada por …

por em

Crimes (econômicos) sem castigo

  dias 29 de maio e 1o de junho de 2014, a cidade de Montreal acolheu a primeira sessão canadense do Tribunal Permanente dos Povos (TPP) relativa à indústria da mineração. Durante um processo fictício, militantes e personalidades da sociedade civil “julgaram” grandes empresas acusadas de violar os direitos humanos e destruir o meio ambiente. …

por em

O socialismo já existe,mas só para os ricos

  s palcos da televisão, nas tribunas que a imprensa lhes oferece, os porta-vozes da classe dominante repetem que o Estado estaria freando o espírito empreendedor, único vetor de crescimento, inovação e progresso em sua opinião. A elite, no entanto, depende muito da generosidade do Estado. Isso começa pela garantia da propriedade privada, que repousa …

por em

As lições de um embargo

A derrota eleitoral em novembro de 2014 parece ter revigorado o presidente dos Estados Unidos. Eleito triunfalmente para a Casa Branca em 2008 e dispondo durante seus dois primeiros anos de mandato de uma confortável maioria parlamentar, ele tirou disso tudo somente uma modesta reforma do sistema de saúde e uma ladainha de homilias pregando o …

por em

Na Espanha, a hipótese Podemos

    Madri, 15 de maio de 2011. Centenas, depois milhares de manifestantes, logo rebatizados de “indignados” pela imprensa, se reuniam na Puerta del Sol, no coração da capital espanhola. Eles denunciavam a influência dos bancos na economia e uma democracia que não “os representava”. Febris, suas assembleias proibiam bandeiras, siglas políticas e tomadas de …

por em

Por quem tocam os sinos da mobilidade?

  Mobilidade seria, segundo as Nações Unidas, um “motor do desenvolvimento humano”. Aqui, ela se estampa em uma publicidade: “Hello Bank! Um banco móvel como você”; ali, se desdobra em lema para a Sociedade Nacional das Estradas de Ferro Francesas (SNCF): “Liberdade, igualdade, mobilidade”. “A mobilidade também será desenvolvida tanto para os alunos, individual e …

por em

O embargo mais longo da história

  As primeiras medidas de retaliação econômica – redução das importações de açúcar da ilha – foram impostas a Cuba em 1960 pela administração republicana de Dwight D. Eisenhower, oficialmente por causa da nacionalização empreendida pelo governo revolucionário de Fidel Castro. Em 1962, John F. Kennedy ampliou as medidas e decretou um embargo. O impacto …

por em

Balanço de uma presidência negra

  Duas ondas de violentos protestos sacudiram Ferguson, no estado de Missouri, durante os cinco últimos meses. A primeira em agosto, quando Michael Brown, um afro-americano de 18 anos, foi morto por um policial, branco como a esmagadora maioria dos policiais da cidade, fato que ateou fogo nessa periferia majoritariamente negra. A segunda em novembro, …

por em

A gigante Maruti-Suzuki diante da juventude trabalhadora indiana

  Sexto maior produtor mundial, com 2 milhões de veículos fabricados em 2013,1 a Índia espera alcançar o quarto lugar em 2016. A reforma trabalhista apresentada em outubro de 2014 pelo novo primeiro-ministro, Narendra Modi, pretende incentivar a volta do crescimento que o setor conheceu nos anos 2000 (uma média de 8% ao ano). Ele …

por em

Terceirização: um problema conceitual e político

Desde o início da reorganização capitalista da produção, globalmente desencadeada no último quarto do século passado, a terceirização tem sido utilizada, por todos os tipos de empresa, como um dos instrumentos centrais de suas estratégias de acumulação. Trata-se da forma de contratação laboral que melhor tem se ajustado ao formato neoliberal imposto aos mercados de …

por em

As obras e a crise de abastecimento

Sistema Cantareira em São Paulo O governo do Estado de São Paulo anunciou recentemente um conjunto de obras para enfrentar a crise hídrica na macrometrópole paulista, dentro e fora de seu território. Elas incluem reservatórios e suas interligações, novas captações de água superficial e subterrânea, e sistemas de tratamento de esgoto para abastecimento e adução. …

por em

A volta às ruas

Em discussões públicas feitas por vários grupos de esquerda para avaliar a conjuntura logo após as eleições começa a se consolidar uma compreensão de que o problema não são os outros, a direita, a mídia, ou o próprio governo que aparentemente vai por um caminho que conflita com seus compromissos eleitorais. O problema maior é …

por em

As duas faces da indústria farmacêutica

  “Percebia que estava sendo ‘rastreada’, que sabiam exatamente aquilo que eu receitava”, diz indignada uma médica instalada num bairro chique de Paris. “Eu era ingênua, não sabia. [Um dia], uma representante farmacêutica me disse: ‘Você não receita muito!’. Eu me perguntei: ‘Como é que ela pode saber disso?’” Essa prática de “rastreamento”, que choca …

por em

Serviços públicos para redução da pobreza e da desigualdade

Nos últimos doze anos, o Brasil venceu desafios que antes eram vistos como fatalidades com as quais estávamos condenados a conviver para sempre. Superamos a extrema pobreza e a fome. Por outro lado, tem sido utilizada a imagem de que a vida melhorou significativamente da porta de casa para dentro, enquanto do lado de fora, …

por em

Francisco e os povos da Terra

O início do pontificado do papa Francisco, em março de 2013, significou um passo de grande importância na vida da Igreja Católica. Com um toque profético que encantou a muitos, deu sequência viva ao projeto do Concílio Vaticano II (1962-1965), expresso na passagem da Constituição que abordou a presença da Igreja no mundo de hoje, …

por em

Crescimento e inclusão social

Políticas sociais e econômicas são faces da mesma moeda. Para alcançar o bem-estar social não basta boa política econômica, que vise ao crescimento e à equidade. Também é necessária boa política social que transfira renda e amplie o acesso universal aos bens e serviços públicos. O crescimento da riqueza é condição necessária para o desenvolvimento. …

por em

O Google e o imperialismo linguístico

  No início de dezembro de 2014, quem procurasse no Google Tradutor o equivalente italiano para a sentença “Essa menina é bonita” encontraria uma frase estranha: “Questa ragazza è abbastanza”, literalmente “Essa menina é bastante”. A beleza foi lost in translation –perdida na tradução. Como um dos tradutores automáticos mais eficientes do mundo, com um …

por em

Quem paga a conta?

Nos últimos anos, tem havido no Brasil um forte e contínuo processo de inclusão social, com redução significativa da miséria e da pobreza, assim como da desigualdade em termos de renda do trabalho. A opção política de articulação do crescimento econômico com a promoção do gasto social expressa no crescimento do emprego (sobretudo do emprego …

por em

O reinado do inglês nas faculdades da Holanda

  Em 1989, o trabalhista Jo Ritzen, ministro da Educação da Holanda, declarou que as universidades deviam oferecer mais cursos em inglês. O clima de escândalo criado pela ideia desse atentado à cultura do país foi tal que o Parlamento aprovou uma lei tornando o holandês língua oficial de ensino. O que na época afligiu …

por em