O que escondem os sobressaltos financeiros da China

  Em novembro de 2013, durante a sessão do Comitê Central, o Partido Comunista Chinês (PCC) anunciou as diretrizes que definem suas prioridades de reforma por um período de vinte anos. Estas foram aprovadas pelo Congresso Nacional do Povo em março de 2014. Na China, os objetivos políticos são guiados por uma visão de longo …

por em

Um Brasil de oportunidades para todos

aparecimento das primeiras políticas sociais para lidar com um passivo de séculos de escravidão e descaso no Brasil data dos anos 1930. De modo geral, contudo, eram construções clientelistas ou focadas no mundo do trabalho formal e urbano, deixando de fora quem mais precisava: a imensa maioria de pobres, que naquela época ainda se concentrava …

por em

Jeremy Corbyn, o homem a ser batido

    Algumas horas depois de ser eleito presidente do Partido Trabalhista, em 12 de setembro, Jeremy Corbyn tomou a palavra diante dos milhares de militantes apinhados na Praça do Parlamento, em Londres, para defender os refugiados e o direito de asilo. Quando seu discurso chegava ao fim, um grupo de jovens manifestantes com camisetas …

por em

Europeus desafiam o livre-comércio

Conselho Regional da Île-de-France […] pede a suspensão das negociações sobre a Parceria Transatlântica de Comércio e Investimento (TTIP), dita Grande Mercado Transatlântico (GMT), em virtude da ausência de controle democrático e de debate público sobre as tratativas em curso.” A região da Île-de-France foi a primeira, na França, a se declarar “zona fora da …

por em

Na academia, a patrulha do pensamento econômico

Partidários da livre concorrência, os economistas dominantes a experimentam pouco quando os convidamos a aplicá-la em sua profissão. Retomando uma promessa de seu predecessor, Benoît Hamon, a ministra francesa da Educação Nacional, Najat Vallaud-Belkacem, se engajou em dezembro de 2014 na criação a título experimental de uma segunda seção de economia no seio do Conselho …

por em

Nos Estados Unidos, a arte de esfolar os pobres

No balcão de um check casher, ao longo da Broadway, uma artéria do Brooklyn Central sombreada pelo metrô aéreo de Nova York, Carlos Rivera pede mais prazo. “No tengo los 10 pesos”, diz à funcionária atrás do vidro. No Brooklyn, essas lojas estão por toda parte: as páginas amarelas registram 236. São reconhecidas pelas fachadas …

por em

Qual é o impacto da alta dos juros na dívida pública e na vida das pessoas?

Sacrifícios sociais e econômicos para servir ao pagamento de juros e encargos da dívida pública têm sido uma regra no Brasil há décadas. Investigações sobre a natureza dessa dívida revelam que os elevados juros constituem, historicamente, o principal fator responsável por seu crescimento. O mais grave é que tais juros são aplicados sobre dívidas geradas …

por em

Governo lidera expectativas pró-recessão

Em agosto, o IBGE divulgou os resultados do PIB do segundo trimestre. A economia caiu 1,2%.1 Essa queda se somou a perdas de 0,9% ocorridas no trimestre anterior. No acumulado do semestre, o PIB caiu 2,1%. Os dados do mercado de trabalho do primeiro semestre também não vieram bons. A queda histórica do desemprego foi …

por em

A Cracolândia, um potente conector urbano

Vinte e nove de abril de 2015, 7h30. Antes de chegar à Rua Helvétia, região central da capital paulista, ao lado da praça recém-“revitalizada” pela Porto Seguro, é notável a presença de dezenas de soldados da Guarda Civil Metropolitana, em especial da Inspetoria Regional de Operações Especiais (Iope), a tropa de choque da GCM. Viaturas …

por em

No Chile, a luta pelo direito ao aborto

“Eu tinha 14 anos e era um amor de verão. Não tinha consciência de que poderia ficar grávida.” Instalada em sua sala na hora da once – como é chamado o lanche da tarde no Chile –, Camila (que solicitou oanonimato, assim como sua mãe, também presente) mergulha em lembranças. “Uma manhã, minha mãe me …

por em

Aborto: Antes da legalização, o combate militante na França

O que vou expor para vocês é uma experiência militante que vivi com um engajamento muito forte e, portanto, com toda a minha subjetividade. Ouvimos frequentemente que a liberalização da contracepção e depois do aborto era um desenvolvimento lógico da história. Mas falar de uma vitória quase certa de nossas ideias oculta a violência das …

por em

Mudar para sair da crise

Há centenas de milhares de pessoas como nós, no Brasil, preocupadas com a evolução da política e da economia, e profundamente decepcionadas com o desempenho do governo, do PT e da esquerda de maneira geral. O ajuste neoliberal se aprofunda, ceifa empregos, fragiliza a indústria, desmonta a capacidade do Estado como indutor do desenvolvimento, corta …

por em

Jovens, qual será o futuro?

A ideia de juventude na atualidade é marcada por muitos paradoxos. De um lado, temos a exaltação da condição juvenil: todos querem estar, parecer, sentir-se e consumir como se fossem eternamente jovens. A juventude apresenta-se assim como um valor a ser vivenciado, compartilhado e, fundamentalmente, desejado.1 Por outro lado, os jovens são com frequência percebidos …

por em

Reindustrialização como projeto nacional

A economia brasileira neste momento está em recessão; desde 1981, cresce muito pouco, mergulhada em uma quase estagnação, com um crescimento médio per capita inferior a 1% ao ano, contra 4,1% no período 1950-1980. Neste ano, somou-se a esse baixo crescimento de longo prazo uma queda do PIB que está sendo estimada em menos 2,5%. …

por em

Na Irlanda, a mídia no banco dos réus

Segue um trecho da intervenção de Julien Mercille: A pedido da Comissão, enfatizaremos os seguintes aspectos: a responsabilidade dos grandes meios em relação à certeza da perenidade do boom imobiliário ou ao estado da saúde econômica do país de forma geral; os eventuais conflitos de interesse engendrados pela importância das propagandas ligadas ao setor imobiliário; …

por em

O desenvolvimento no Brasil exige acordos para promover transformações

O Brasil é a sétima maior economia do planeta, com fantásticos ativos naturais, uma base industrial diversa, grande setor agropecuário, amplos setores de serviços e comércio; um Estado complexo, com grandes empresas públicas e um robusto sistema de proteção social; diversidade cultural e grande capacidade criativa; um povo que olha o futuro com otimismo, disposto …

por em

Quem realmente acolhe os refugiados?

  ha mãe permaneceu na aldeia com meu irmão mais novo para cuidar dos mais velhos”, conta Hamad Hamdani, de 15 anos. “Ela insistiu para que eu me refugiasse com meu tio na Turquia. Receava por minha segurança, por causa das milícias que tomaram o controle de A’zaz.” Natural de uma aldeia na periferia dessa …

por em

Ameaça à Constituição pacifista

Setenta anos depois da Segunda Guerra Mundial, ninguém imaginaria uma mobilização semelhante dos japoneses – tanto dos mais velhos, que viveram o conflito, como dos mais jovens, que nem sequer assistiram à queda do Muro de Berlim. Condenando o “golpe de Estado parlamentar” do governo de Shinzo Abe, eles fizeram manifestações diante da Dieta (o …

por em