O caos penitenciário brasileiro

É uma das raras imagens tornadas públicas da prisão Vila Independência, em São Paulo: um emaranhado de redes forma uma teia de aranha onde aparecem, aqui e ali, os braços balançando ou as pernas de um prisioneiro. Nas paredes, distingue-se o esqueleto de metal sobre o qual está presa a estrutura de corda, que fragiliza …

por em

Os medos do Pentágono

A recente acusação lançada contra Vladimir Putin, de ter desestabilizado a democracia norte-americana ao interferir no processo eleitoral, inscreve-se diretamente na linha do “pavor vermelho”, um dos pilares da Guerra Fria durante os anos 1950. Esse medo implicava a suposição de que os soviéticos eram capazes de rivalizar militarmente com os norte-americanos. Tolice: enquanto os …

por em

Em nome da lei americana…

“Estamos diante de um painel de legislações norte-americanas extremamente complexo, com uma intenção precisa, que é utilizar o direito para fins de imperium econômico e político para obter vantagens econômicas e estratégicas.” Em 5 de outubro de 2016, o deputado republicano Pierre Lellouche não mediu palavras diante das comissões de Relações Exteriores e das Finanças …

por em

Um assassinato cruel

Há quase cem anos instaurava-se no Brasil o seguro social previdenciário por meio das Caixas de Aposentadoria e Pensões (CAPs – 1923). A justificativa centrava-se no argumento de que o trabalhador brasileiro era imprevidente, cabendo então ao Estado pensar na garantia de seu futuro. Muita água correu sob a ponte, e hoje o que se …

por em

Watch Dogs 2 e a retórica dos games: a interdependência entre dois mundos

  O videogame não é mais apenas uma forma de entretenimento, mas também uma maneira de compreender o mundo por meio de narrativas. É óbvio que o jogador sabe que o jogo é apenas um jogo; no entanto, nos últimos anos, os videogames, por meio de sua linguagem própria, estão adotando estratégias estéticas e discursivas …

por em

Por que racializar o discurso da esquerda

Em dezembro de 1933, A Voz da Raça, jornal da Frente Negra Brasileira – maior organização negra existente no país até então –, respondia a um boletim “lançado pela canalha anarquista-comunista-socialista”. O texto convocava os frentenegristas a se colocarem contra “a onda estrangeira”, apontando que tais ideologias haviam surgido graças a “imigrantes que a incompetência …

por em

Nas cidades rebeldes da Espanha

  Uma montanha de flores e crucifixos eleva-se na Plaza del Pilar, em meados de outubro, por ocasião da festa anual de Zaragoza. As ruas borbulham de turistas, as lojas estão lotadas: nada de soviete, nenhuma tomada do Palácio de Inverno ibérico. Aqui, como em Madri, Cádiz, Santiago de Compostela, Barcelona, Valência, Ferrol, La Coruña …

por em

Vietnã, o polo industrial da vez

Com os cabelos negros sobre a testa, 50 anos joviais e olhos atentos, Nguyen Van Thien conta que o Partido Comunista Vietnamita (PCV) recruta “soldados do tio Ho para a frente de economia” – em referência a Ho Chi Minh, herói da independência e fundador da República Democrática do Vietnã. Thien, orgulhoso de sua tarefa, …

por em

Crime e Estado no Amazonas

No fim da tarde do primeiro dia de 2017, muitos moradores de Manaus receberam, pelo celular, mensagens informando vagamente que algo de muito preocupante acontecia na cidade. “A rua tá o foda-se. Evitem sair de casa. No presídio tem um monte de gente morta. O PCC tá em guerra com a FDN. Não tem quase …

por em

Ondas eletromagnéticas, poluição invisível

Se a utilização das ondas não é nova, as técnicas utilizadas e a escala de sua aplicação nos projetaram numa nova idade técnica, que leva o uso à quase saturação do espectro hertziano. Não é exagero enxergar nisso a exploração de um recurso natural limitado, já que, em determinado ponto de determinada faixa de frequência, …

por em

Neopentecostais e o projeto de poder

Com outros pastores e pregadores da Palavra de Deus, fui convidado a falar em uma grande igreja. Pregamos pela manhã e, na hora do almoço, fomos recebidos no refeitório pastoral, para almoçarmos juntos. Para minha surpresa, o líder daquela denominação, junto com todos nós, e na frente de todos, começou a delimitar quantos votos cada …

por em

A volúpia do sangue

Ninguém imaginava vê-lo novamente, tão categórica se mostrava sua criadora a esse respeito. Mas Anne Rice cedeu. Aos 75 anos, com Prince Lestat1 [Príncipe Lestat] e Prince Lestat et les royaumes d’Atlantide [Príncipe Lestat e os reinos de Atlântida] (que deve ser publicado na França em outubro de 2017), ela volta a dar vida ao …

por em

Brasileiros na Guerra Civil Espanhola

“Foi na Espanha onde a minha geração aprendeu que se pode ter razão e ser derrotado, que a força pode destruir a alma e que, às vezes, a coragem não recebe recompensa” Albert Camus (1913-1960), escritor francês   Raros foram os conflitos armados nos quais a narrativa predominante a entrar para a história acabou centrada …

por em

“A América primeiro!”

Já no primeiro discurso como presidente, Donald Trump rompeu com seus antecessores. Prometendo, com um tom arrogante e o punho cerrado, que “America First” (“A América primeiro”) resumiria a “nova visão que governará o país”, ele anunciou que o sistema internacional criado há mais de setenta anos pelos Estados Unidos não tinha outro propósito a …

por em

Reformar para excluir?

Este artigo, que reflete a opinião do autor, sintetiza um documento elaborado por dezenas de especialistas, que foi organizado pela Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip) e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese) e será lançado em fevereiro de 2017. No documento, como neste artigo, a reforma …

por em

Do que nós (realmente) precisamos?

A transição ecológica supõe escolhas de consumo. Mas sobre qual base? Como distinguir, na sociedade futura, as necessidades legítimas das egoístas e pouco razoáveis que deverão ser renunciadas? Essa é a questão abordada pelo Manifeste négaWatt [Manifesto negaWatt], uma das obras de ecologia política mais estimulantes dos últimos tempos, redigida por especialistas de energia.1 Um …

por em

O supermercado do fim do mundo

Zona Franca: tudo o que o mundo oferece de melhor num único lugar!” Difundida por uma voz rouca, a frase ecoa de uma margem a outra do Estreito de Magalhães. Nessa região sacudida por ventos que, segundo se diz, enlouquecem as pessoas, as ondas sonoras se imiscuem em todos os lares: “Mais de 9 milhões …

por em