Uma emenda muito cara

Quatorze de dezembro de 2012. Um homem equipado com duas espingardas automáticas mata 26 pessoas – incluindo vinte crianças – em uma escola primária de Newtown (Connecticut). É o sétimo assassinato em massa nos Estados Unidos durante o ano. “Essas tragédias precisam parar”, declara o presidente Barack Obama, antes de anunciar a criação de uma …

por em

Mão de obra agrícola: o novo comércio triangular

“Senhor Leydier, os documentos que tenho em mãos estão cheios de provas contra o senhor! Eu lhe dou a oportunidade de recuperar um pouco de dignidade e parar de se comportar como um bandido. Vou pedir uma última vez que o senhor responda à minha questão: o senhor continua afirmando que a senhora Naima Es …

por em

A fada das estatísticas invade os estádios

Em 2004, Arsène Wenger, treinador do clube de futebol londrino Arsenal, procurava um sucessor para seu craque de meio de campo, Patrick Vieira, então de malas prontas para o Juventus de Turim. Wenger queria um jogador capaz de correr longas distâncias. Depois de consultar as estatísticas de várias ligas europeias, fixou-se num jovem principiante do …

por em

Uma reforma que encanta os bancos

“Este ano foi extremamente difícil, em particular para nossos cidadãos mais vulneráveis. Porém, atacamos as causas profundas do problema, e a saúde das finanças públicas está melhorando. As economias menos competitivas apresentam melhores resultados, o setor financeiro está em processo de recomposição, nossa estrutura de governança avança. Não cantamos vitória, mas há motivos para estar …

por em

Violência extrema contra a juventude do Rif

(Manifestante do Movimento 20 de fevereiro exibe cartaz diante de apoiadores do rei Mohamed VI) Na porta da prisão de Al Hoceima, o lugar parece deserto. Às 8 horas da manhã, observam-se apenas três militantes da Associação Marroquina de Direitos Humanos (AMDH) encostados numa pequena van. Quinze minutos depois, um policial à paisana, de rosto …

por em

Ecos de uma guerra por petroléo

(Membros da unidade de antiterrorismo iraquiana protegem instalação de petroléo na cidade de Basra) Para a população iraquiana, é muito claro; para os falcões do Pentágono, um contrassenso. A guerra do Iraque, que desde março de 2003 fez ao menos 650 mil mortos, 1,8 milhão de exilados e tantas outras pessoas deslocadas, foi uma guerra …

por em

A TV e sua opinião

Em 2011, 59,4 milhões dos domicílios brasileiros tinham televisão, o que equivale a 96,9% do total. De longe, a televisão é o meio de comunicação mais difundido e utilizado. Em fevereiro passado, segundo o Ibope, as maiores audiências da TV foram as novelas, os reality shows (BBB Brasil e Fazenda de Verão), o Jornal Nacional, …

por em

As condições de vida e trabalho dos professores no Brasil

  Num breve contexto histórico, a educação formal no Brasil surgiu cinquenta anos após o Descobrimento e se deu por meio de concessão da Coroa portuguesa à Companhia de Jesus. Naquela época, os padres e irmãos-coadjutores eram responsáveis pelo trabalho escolar, e suas rendas (ou sustento) provinham de dízimos e das atividades pecuárias desenvolvidas nas …

por em

Reality Show: mais real do que se gostaria

DIPLOMATIQUE– Seu livro traça uma relação entre as transformações no mercado de trabalho nas últimas décadas e os reality shows. Como o fim do pleno emprego dos anos 1970 influencia o formato dos programas? SILVIA VIANA – O capitalismo flexível foi parido com um mito e uma ameaça. Mito: a revolução molecular-digital aumentou a produtividade …

por em

Ensino Médio e técnico profissional: disputa de concepções e precariedade

Um dos contrastes que se reitera historicamente em nossa sociedade é a absurda concentração de renda e propriedade na mão de uma minoria e, como consequência, uma grande massa de pobres ou miseráveis. Como a escola e os processos formativos não são apêndices da sociedade, mas parte constituída e constituinte dela, a desigualdade social se …

por em

Dez anos depois, o que aconteceu com o Iraque?

(Presentes para o Valentine’s Day são vendido em rua de Bagdá) Depois de aterrorizantes violências que destruíram centenas de milhares de vidas e não deixaram quase ninguém sem uma história trágica para contar, o Iraque se instala numa nova normalidade, mas sem tomar uma direção compreensível nem permitir aos iraquianos ter uma projeção do futuro. …

por em

O ProUni e as disputas em torno da democratização do ensino superior

A universalização do ensino fundamental e, por conseguinte, a expressiva chegada da população jovem ao ensino médio têm despertado, em setores tradicionalmente excluídos do ensino superior no Brasil, a possibilidade concreta de acesso à carreira universitária, como estratégia plausível para alavancar melhores níveis de vida e relativa mobilidade sociocultural. Nesse contexto, o sistema educacional tem …

por em

Programa Universidade para Todos: democratizar ou mercantilizar?

A expansão das matrículas do ensino médio, o recrutamento de força de trabalho pelo capital e as mobilizações de estudantes e docentes em prol de uma reforma universitária tornaram improrrogável a questão da democratização do acesso à educação superior. O crescimento econômico motivou a emergente classe média a investir – como o passaporte para a …

por em

O modelo finlândes: unanimidade

Paraentrar na escola primária de Rauma, na costa do Golfo de Bótnia, na Finlândia, não é preciso atravessar portões nem muros. Simplesmente se passa por uma garagem grande com uma bicicleta e jogos. Do ginásio à sala de música, tudo parece ter sido projetado para acolher as crianças. Em 45 minutos de curso, a professora …

por em

A cruzada esquecida de Ratzinger

(Papa Bento XVI em visita à Inglaterra em junho de 2012) Retornemos aos anos em que dom Hélder Câmara, o arcebispo de Recife que encarnou a consciência dos católicos progressistas latino-americanos, fez a constatação que se tornou célebre: “Quando dou comida para os pobres, dizem que sou santo; quando pergunto por que são pobres, me chamam de …

por em

Antenas da sociedade

Após pouco mais de seis décadas de existência, a televisão brasileira ostenta condições peculiares: sofisticação técnica, forte presença na cultura, agência de porte na vida econômica e política e – aqui começa o problema – elevada capacidade de manutenção, quando não de consolidação, de um padrão organizacional e de funcionamento construído em grande medida num …

por em

Ilusionismo econômico na TV

“Números não mentem, mas os mentirosos adoram números”,1 resumiu o escritor norte-americano Mark Twain. Se por um lado dois mais dois são sempre quatro, por outro existem vários métodos de manipular a aritmética. O primeiro é o procedimento científico: formula-se uma hipótese, coletam-se os dados e conclui-se pela validação da hipótese ou por sua indeterminação …

por em

Todos à direita

Na França, assistência social aos pobres, imigração e exílio fiscal suscitam cada vez mais reações de retorno à ordem, celebração da autoridade e justificativa para as desigualdades. Da extrema direita à extrema esquerda do espectro político, o diagnóstico da “direitização” parece ser unanimidade, seja para contentar-se, adaptar-se com ou sem complexos, acomodar-se com resignação ou …

por em

Islâmicos contra a parede

(Apoiadores do Ennahda exibem bandeira da Síria durante manifestação em Túnis) Na Tunísia, todo mundo, ou quase, estima que as conquistas da revolução estejam ameaçadas. Resta saber por quem. Por uma oposição “leiga” que recusa admitir que, durante as eleições na Assembleia Nacional Constituinte de outubro de 2011, os islamitas conservadores do Ennahda ganharam com …

por em

A caravana da cocaína no Sahel

Em novembro de 2009, um Boeing 727 vindo da Venezuela pousava em Tarkint, localidade perto de Gao, no nordeste do Mali. Ele transportava entre 5 e 9 toneladas de cocaína, que nunca foram encontradas. Depois de descarregada, a aeronave falhou na decolagem e pegou fogo. O inquérito revelou que entre os envolvidos estavam uma família …

por em