Obsolescência planejada: armadilha silenciosa na sociedade de consumo

“É comum um telefone celular ir ao lixo com menos de oito meses de uso ou uma impressora nova durar apenas um ano. Em 2005, mais de 100 milhões de telefones celulares foram descartados nos Estados Unidos. Uma CPU de computador, que nos anos 1990 durava até sete anos, hoje dura dois anos. Telefones celulares, …

por em

Novos amores, antigas melancolias

O peso de um passado parece ainda maior quando ele é confessado na cabeceira de uma grande mesa de vidro, no centro de uma sala luxuosa, com as luzes apagadas. O tilintar das pedras de gelo no uísque acompanha o silêncio do interlocutor, que, entre os goles do outro, absorve a própria história. A cena …

por em

O duplo castigo das mulheres

As históricas desigualdades entre homens e mulheres na vida profissional se amplificam na aposentadoria. Se os salários femininos são, em média, um quarto inferiores, as pensões alcançam diferenças médias de 42%.1 Não é para menos: as mulheres recebem, em geral, remunerações mais baixas (mesmo em funções e jornadas iguais às dos homens), trabalham em tempo …

por em

Turbinados pelo euro, empresários alemães perdem de vez suas inibições

Com físico hollywoodiano e leve sotaque bávaro, Klaus Probst encarna a síntese perfeita do cidadão do mundo e do industrial ancorado em seu castelo-fortaleza. Ainda que o “modelo alemão” tantas vezes invocado esteja mal das pernas, nenhuma dúvida atinge esse velho engenheiro que se transformou em empresário. “Nosso sistema é realmente um modelo”, diz, com …

por em

As palavras do Golfo

Abril de 2013. Durante uma conferência sobre energia organizada em Doha, no Catar, um dos participantes, um oficial catarense, começou e concluiu sua intervenção em inglês – a língua franca no Golfo –, prestando homenagem à “visão esclarecida” do seu emir. Na sala, jornalistas e universitários trocaram piscadelas e sorrisos de cumplicidade. Acostumados com esse …

por em

Arame farpado; ferramenta rudimentar mas ainda eficaz

Inventado em 1874 por um fazendeiro norte-americano, Joseph Glidden, para cercar as propriedades das Grandes Planícies, o arame farpado se tornou imediatamente um instrumento político de primeira importância. Em menos de um século e meio, ele serviu para cercar as terras e assim afastá-las dos índios norte-americanos, e para encerrar populações inteiras durante a guerra …

por em

O trem dos milagres

Crianças ao lado do Phelophepa – “Se nosso trabalho conhece tal sucesso, é porque algo deu errado depois do fim do aphartheid”, lamenta diretora do programa Pegar a estrada rumo ao oeste de Johannesburgo para a cidade de Kathu é como realizar uma viagem no tempo. As rodovias dão progressivamente lugar a pavimentos danificados margeados …

por em

Confusão diplomática no Egito

(Ato na Praça Ramsés, no Cairo, em memória dos mortos no dia 14 de agosto durante massacre de apoiadores do presidente Morsi). A “quarta-feira negra” do Cairo, 14 de agosto de 2013, certamente entrará para os anais da história como um dos maiores massacres cometidos num só dia por forças de repressão contra manifestantes, desde …

por em

É muito dinheiro!

Em meio a esta discussão sobre a falta de recursos para investir no social – no transporte público, no salário dos professores, no sistema de saúde e em tudo o mais que pode tornar a vida melhor para as maiorias – fomos procurar recursos públicos… e encontramos muito dinheiro! Mas não é fácil acessá-lo. Durante …

por em

O trabalho de Sísifo da Comissão Nacional da Verdade

A busca da verdade e a realização da justiça em relação aos crimes da ditadura sempre foram reivindicações dos movimentos de familiares de desaparecidos políticos e de ex-presos políticos no Brasil. Já nos anos 1980, eles propunham a criação de uma comissão de inquérito, via Congresso Nacional, que tratasse do tema durante a transição. Após …

por em

Os vazamentos do dinheiro público

O Brasil não é pobre. Mas seus recursos são frequentemente mal utilizados, ou desviados, vazando pelas numerosas brechas, legais ou ilegais, quando poderiam ser produtivos. E não se trata de, como sempre, culpar o governo: são articulações públicas e privadas que deformam o processo decisório. Seguir o dinheiro ajuda a entender a dinâmica tanto deste …

por em

A política de drogas no Brasil e as novas ameaças

Em maio, a Câmara dos Deputados aprovou um projeto de lei (PL) que corresponde a um retrocesso secular. O PL n. 7.663/2010, do deputado Osmar Terra, atualmente PLC 37/2013 em tramitação no Senado Federal, ameaça reconduzir o Brasil ao início do século XX ao intensificar a fracassada “guerra às drogas”. Não obstante os importantes avanços …

por em

Para atender às reivindicações dos que foram à luta

As manifestações ocorridas pelo Brasil, que atingiram das grandes capitais até pequenas cidades do interior, foram iniciadas pelo Movimento Passe Livre (MPL) em São Paulo e mobilizaram cerca de 2 milhões de pessoas, principalmente jovens.Elas abriram uma enorme oportunidade para avançar nas transformações que nosso país precisa. É importante destacar que essas lutas já produziram …

por em

Os ralos do dinheiro público no campo tributário

A demanda por recursos públicos é cada vez maior. A briga pela apropriação do “bolo” é quase uma guerra. Nas recentes manifestações públicas brasileiras, surgiram novas e diversas demandas, desde o “passe livre”, saúde, educação, até melhorias do serviço público em geral. A resposta dos governantes é sempre a mesma: “Não há recurso público”. Mas …

por em

Problemas de gênero em Riad

É categoricamente proibido usar correntes grossas das quais pendam motivos contrários aos costumes, como caveiras, expressões indecentes, fotografias de personalidades, assim como colocar piercings em locais pouco habituais, como na região do queixo ou da boca, no alto das orelhas, perto das sobrancelhas etc.” Tal é a mensagem do “escritório da unidade de supervisão e …

por em

Estratégia para uma reconquista

“O país exige experimentações audaciosas e sustentadas. O bom senso é escolher um método e tentá-lo. Se ele falhar, admita o  erro francamente e tente outra coisa. Mas, acima de tudo, tente alguma coisa!” Franklin Roosevelt, 22 de maio de 1932. Cinco anos se passaram desde a falência do Lehman Brothers em 15 de setembro …

por em

Estudantes retomam um ícone

Durante muito tempo, as forças progressistas chilenas trataram a figura de Salvador Allende como um ícone. Ressaltavam suas qualidades pessoais e humanas, louvavam sua atitude heroica na ocasião do golpe de Estado de 11 de setembro de 1973, lembravam-se dele como o chefe de Estado que morreu com as armas em punho. Celebrações como essas, …

por em

Santiago em setembro

No dia 12 de setembro de 1973, de manhã, escutei no rádio a notícia do golpe de Estado e decidi partir para o Chile para filmar a ocasião. Chamei Théo Robichet, com a certeza de que estaria de acordo. Théo cuidava da captação de som, e eu, das imagens. Na época, estávamos engajados na aventura …

por em