Com maioria, mas sem reformas

O Congresso que tomou posse em 1º de fevereiro, renovado em aproximadamente 45% (Câmara, 43,86%, e Senado, 45,68%), trouxe mudanças importantes em seu perfil político, ideológico, no tamanho das bancadas e, principalmente, no nível de adesão ao governo. As expectativas em termos de agenda e de imagem são grandes. A presidente Dilma conta com a …

por em

O código do atraso

  A discussão sobre florestas está nas primeiras páginas dos jornais e no horário nobre das emissoras de rádio e televisão. A boa notícia é que, dessa vez, o acalorado debate não é consequência da divulgação de números alarmantes de derrubadas na Amazônia. Graças a uma atuação firme de combate ao desmatamento iniciada no primeiro …

por em

O massacre de Realengo

Nao há mais o que acrescentar aos fatos, exaustivamente tratados pela mídia eletrônica e impressa. Logo que as notícias foram divulgadas, deu-se início a uma série de especulações a que se seguiram análises dos especialistas, fala dos escolares e de seus pais, comentários das agências noticiosas, intervenção das autoridades. Muitos escolares foram convocados a falar, …

por em

Entre a esperança moderada e a incerteza

O processo eleitoral peruano tem despertado o interesse da opinião pública regional. Após a derrota da Concertação no Chile, e apesar das significativas reeleições da Frente Ampla no Uruguai e do PT no Brasil, está claro que o resultado do pleito peruano (cujo segundo turno está marcado para o dia 5 de junho), como nunca …

por em

Por que as gangues atraem os jovens?

As últimas notícias, as mais novas estatísticas policiais ou o projeto de uma nova lei de segurança sempre fazem que o mundo das gangues volte ao debate político e midiático. O espectro da “juventude urbana” segue sua linha de sucessão desde a figura dos “apaches” da Belle Époque, dos “blusões negros” do final dos anos …

por em

A nova direita e os velhos hábitos

  Lota é uma antiga cidade mineradora à beira das águas frias do Pacífico, 500 quilômetros ao sul de Santiago. Aqui, talvez mais que na capital, o projeto político do presidente chileno, Sebastián Piñera, revela-se claramente. É uma manhã ensolarada, em pleno verão austral. O mercado fervilha, a pesca do dia parece transbordar nas bancas: …

por em

Marionetes Políticas

O Fundo Monetário Internacional acabou de reconhecer: “Cerca de quatro anos após o início da crise financeira, a confiança na estabilidade do sistema bancário global deve ser totalmente restaurada”.1 Mas o que o presidente do Banco Central norte-americano, Ben Bernanke, chama de “a pior crise financeira da história mundial, incluindo a Grande Depressão[de 1929]”2 não …

por em

A era pós nuclear

O tremor de magnitude nove e o descomunal maremoto que castigaram o Noroeste do Japão com inaudita brutalidade no dia 11 de março deste ano não só originaram o desastre na central de Fukushima como dinamitaram todas as certezas dos partidários da energia nuclear civil. A indústria nuclear, com a construção de dezenas de centrais …

por em

Índia e China, conflitos e convergências

India e China têm tido uma relação de amor e ódio. Em dezembro de 2010, a visita do presidente chinês, Wen Jiabao, a Nova Déli foi marcada por certa frieza: o comunicado final não incluiu a menção de «uma China única» («One China»), a fórmula habitualmente usada para marcar o reconhecimento da soberania chinesa sobre …

por em

Imprensa, outra guerra marfinense

Segunda-feira, 11 de abril de 2011: as televisões do mundo inteiro divulgam as imagens de um Laurent Gbagbo estupefato e de sua esposa, Simone, prostrada. O casal que deteve as rédeas da Costa do Marfim por dez anos foi preso no subsolo da residência presidencial bombardeada intensamente pela força francesa Licorne, parte do quadro da …

por em

A ONU condenada por ela mesma

Dei as ordens necessárias para impedir o uso de armas pesadas contra a população civil”, declarou o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, no dia 4 de abril. Algumas horas depois, em Abidjan (capital da Costa do Marfim), os helicópteros de combate da ONU e a força francesa Licorne se juntaram à …

por em

O efeito Al Jazeera

No dia 2 de março, em discurso perante os membros da comissão das relações exteriores do Senado estadunidense, Hillary Clinton pronunciou as palavras que o emir do Qatar e os dirigentes da Al Jazeera esperavam desde 2001. Os Estados Unidos, explicou a secretária de Estado, “estão perdendo a guerra da informação” no mundo por causa …

por em

Os dilemas da dinastia de Al-Assad

Absorvido na luta contra as ameaças externas e as crises regionais, o presidente sírio Bashar al-Assad pensava que seu país estava a salvo da onda que submergiu os outros governos da árabes. Como ele disse em uma entrevista ao Wall Street Journal de 31 de janeiro, em resposta a uma pergunta sobre a comparação entre …

por em

A mulher e a natureza: uma mística recorrente

Seriam as mulheres mais ecológicas do que os homens? Teriam elas uma relação particular com a natureza, ou um ponto de vista privilegiado em relação aos problemas da ecologia? Ao longo das últimas décadas, mulheres que se dizem feministas responderam a essas perguntas de modo afirmativo. De fato, essa posição é praticamente tão antiga quanto …

por em

Democracia e governabilidade

Cada vez mais o Legislativo brasileiro está subordinado ao Executivo e faz o que o governo quer. Muitos analistas dizem que, para o avanço da democracia em nosso país, deveria ser o contrário: o Legislativo deveria exercer maior controle sobre o Executivo, limitando e controlando seus poderes, com base nas regras definidas pela Constituição e …

por em

As biolutas e a constituição do comum

Crise. O mecanismo fundamental da atual crise do capitalismo global (aquela que começou em 2007 com o estouro da bolha imobiliária − subprime − nos Estados Unidos e agora se desdobra na crise da dívida soberana europeia e norte-americana) encontra-se na mobilização paradoxal do tempo de vida da população. Todo mundo trabalha o tempo todo, …

por em

Reforma política: a democratização do poder

  LE MONDE DIPLOMATIQUE BRASIL – Qual o conceito de reforma política trabalhado pela Plataforma dos Movimentos Sociais?   JOSÉ ANTÔNIO MORONI – A plataforma nasce em 2004/2005, diante do desconforto de várias organizações, redes e movimentos da sociedade civil com o que estava sendo apresentado como proposta de reforma política. O entendimento apresentado pela …

por em

Operários do sexo virtual

Podemos chamar de “artistas” ou “modelos”. São sobretudo mulheres jovens, embora existam também homens, casais e mulheres maduras. Instalados diante das câmeras de seus computadores, eles trabalham conectados à internet tentando atrair o cliente para que venha se juntar aos seus chats privados. Striptease de um continente a outro, eles dialogam, se exibem, simulam excitação …

por em