Dilma e o desenvolvimento

Reflita o leitor sobre qual presidente na história do Brasil enfrentou com discursos e políticas públicas a “alta finança” instalada no país. É difícil encontrar a resposta. Dilma Rousseff assumiu esse embate no presente mandato presidencial. Antes dela, apenas Getúlio Vargas, em seu governo dos anos 1950, travou esse duelo ao estabelecer o limite de …

por em

A tentação do pior

A gangrena do setor financeiro norte-americano provocou uma crise mundial da qual conhecemos os resultados: hemorragia de empregos, falência de milhões de proprietários de imóveis, cortes nos serviços sociais. Contudo, quatro anos depois, por efeito de um paradoxo singular, não foi possível evitar a chegada à Casa Branca de um homem, Williard (“Mitt”) Romney, que …

por em

Um homem providencial para a Itália

Com a vitória nas eleições municipais em maio de 2012, em Parma, capital da indústria alimentícia e sede de multinacionais como Parmalat e Barilla, o Movimento 5 Estrelas (Movimento 5 Stelle, M5S) confirmou suas raízes no cenário político transalpino. Fundado há apenas dois anos pelo comediante genovês Giuseppe (“Beppe”) Grillo – o “Grilo Falante italiano”,1 …

por em

A elite dirigente dos negócios

Durante a última entrevista antes de sua morte, o sociólogo liberal Ralf Dahrendorf surpreendeu ao afastar-se de sua teoria mais conhecida, a de uma elite globalizada – ou “classe global”, na terminologia anglo-saxônica – destinada a dominar o planeta para além das fronteiras e do pertencimento nacional. Ao ser perguntado se esta havia sobrevivido à …

por em

Excesso de cúpulas mundiais

A política internacional depara com um estranho paradoxo. Vivemos uma era de cooperação e reciprocidade sem precedentes: diplomatas, especialistas e tomadores de decisão partilham ideias e projetos como nunca. Robert Zoellick, diretor que se retira do Banco Mundial, fala da nova ordem internacional como um conjunto de “relações mantidas por um sistema multilateral que reúne …

por em

“Os poderes investigatórios do Ministério Público”

(Rol de atribuições do MP foi estabelecido durante a Constituinte, concluída em 1988) Nos últimos tempos, a sociedade brasileira tem assistido, com considerável perplexidade, o debate em torno de propostas legislativas que pretendem modificar a atual sistemática no que diz respeito aos poderes investigatórios do Ministério Público. Não se trata de investidas recentes ou episódicas, …

por em

Lei de Acesso à Informação Pública: um balanço inicial

Desde 1988, com a promulgação da vigente Constituição Federal, o amplo acesso à informação pública é a regra, e o sigilo, a exceção. Essa lógica republicana é extraída do texto constitucional com absoluta facilidade. A Lei de Acesso à Informação Pública (Lei n. 12.527/2011) não introduziu um valor novo na ordem constitucional brasileira, mas dotou …

por em

Discussões a portas fechadas

(Angela Merkel e Jose Manuel Barroso (ao centro) participam de reunião em Bruxelas) Desde maio de 1995, os chefes de Estado e de governo europeus se encontram em um imponente edifício batizado de Justus Lipsius, filólogo e humanista do século XV que fez seus estudos em Bruxelas. Próximo à Praça Robert-Schuman, de frente para a …

por em

Os mistérios do Partido Comunista Chinês

(Estudantes formam a bandeira do Partido Comunista Chinês durante a celebração de seu 90° aniversário) No bairro de Weigongcun, na ampla calçada que liga Renmin Daxue – a Universidade do Povo, uma das mais velhas de Pequim – à estação de metrô com o mesmo nome, a municipalidade instalou um terminal eletrônico, com tela tátil …

por em

A China é imperialista?

A China, que se autoclassifica como “país em via de desenvolvimento”, promete às nações do Sul que não reproduzirá os mesmos comportamentos predadores das antigas potências coloniais. Durante o Fórum de Cooperação China-África, sediado em Pequim em 9 de julho, o presidente Hu Jintao anunciou: “A China é o maior dos países em desenvolvimento, e …

por em

A ditadura dos bancos de investimento

Para além das crises alimentar, energética, climática e financeira, as discussões mais aprofundadas no âmbito do Conselho Internacional do Fórum Social Mundial (FSM) identificam três crises, uma embutida na outra: a crise do neoliberalismo, fase atual da globalização financeirizada do capitalismo; a crise do próprio sistema capitalista; e a crise da civilização ocidental, que precisa …

por em

Síria, campo de uma batalha midiática

(Membros do Exército Sírio Livre durante combate na cidade de Alepo) A Síria, “as armas químicas estão sob vigilância”, informou o Le Figaro (22 jul. 2012); “forças especiais americanas foram empregadas para prevenir sua dispersão”. E um diplomata alocado na Jordânia advertiu: “É a ameaça das armas químicas que pode dar início a uma intervenção …

por em

Ameaça à Seguridade Social

Seguridade Social é um dos núcleos do Estado de bem-estar social que experimentou notável desenvolvimento nos “trinta anos de ouro” (1945-1975) de capitalismo regulado. Políticas econômicas visando ao pleno emprego e instituições do Estado de bem-estar passaram a ser aceitas como instrumentos para lidar com disfunções da economia de mercado. A experiência da social-democracia europeia …

por em

Colapso do sonho democrático no Mali

Mali está ameaçado pela generalização da charia? Desde 27 de junho o norte do país está nas mãos de grupos radicais islâmicos que tomaram o controle das cidades de Kidal, Gao e Tombuctu, dominando cerca de dois terços do território. Sua ação mescla abusos em nome de Alá e assistência às populações pobres – pelo …

por em

Tirar o pé do freio

Após o insucesso de vários pacotes de estímulos setoriais, o governo desistiu de sua meta de crescimento de 4,5% para este ano, baixando-a para 3%, e o Banco Central reduziu sua previsão de 3,5% para 2,5%. Temendo repetir o fraco crescimento de 2011, o governo vem tentando ativar a economia pelo lado da oferta com …

por em

Um chavismo sem Chávez é possível?

 “Um favor é sempre obtido em troca de outro”, admite Joanna Figueroa. Essa moradora de Viñedo, bairro popular da cidade costeira de Barcelona, no leste da Venezuela, prometeu trabalhar pela reeleição de Hugo Chávez desde que o Estado lhe proporcionou um teto por meio da Grande Missão Habitação, um ambicioso programa de moradia social. Ela …

por em

Obesidade, mal planetário

Quando deixou seu emprego de soldador para fundar, em 1985, a empresa Goliath Casket, sem dúvida Forrest Davis não imaginava alcançar tão grande sucesso. Em uma América com menos de 15% de obesos, o mercado de “caixão gigante” era incerto. Desde então, a medida da cintura do país aumentou consideravelmente. Enquanto a pequena empresa familiar …

por em

A dívida estudantil nos Estados Unidos

Depois do subprime, será a vez da dívida estudantil no interminável folhetim da crise do capitalismo norte-americano? Estimada em mais de US$ 1 trilhão, ela dobrou nos últimos doze anos, a ponto de ultrapassar, hoje, o volume das compras por cartão de crédito. Em 2008, as dívidas médias contraídas por diploma chegavam a US$ 23.200 …

por em

Por que o preço das universidades dispara em todo o mundo?

Desde sua chegada ao Ministério do Ensino Superior e da Pesquisa da França, em 2007, Valérie Pécresse se colocou um desafio: concluir a reforma neoliberal do ensino superior. “Até 2012 terei consertado os estragos de maio de 1968”, proclamou no Les Échos de 27 de setembro de 2010. Num balanço final, ela pode se orgulhar …

por em

Em defesa da habitação social nas áreas centrais

(Ocupação com cerca de 120 famílais iniciada em julho de 2012 em prédio da Avenida São João, região central de São Paulo) O crescimento da população urbana no século XX nas grandes cidades e metrópoles do Brasil consolidou e radicalizou o padrão periférico, precário e excludente de ocupação que culminou em péssimas condições de vida …

por em

Os trabalhadores subsidiam a indústria

A intenção parece nobre: garantir competitividade à indústria brasileira, fortalecer o mercado nacional, assegurar empregos – tudo isso em um cenário de crise internacional de contornos ainda indefinidos. Essas são algumas justificativas para as recentes, e progressivas, medidas de desoneração da folha de pagamentos anunciadas pelo governo federal dentro do Plano Brasil Maior. Que o …

por em

Investigação sobre a Palma de Ouro

(O diretor Michael heneke e os atores Emmanielle Riva e Jean-Louis Trintignant após a entrega da Palma de Ouro ao filme Amour) Podemos dizer que Cannes “é o mais belo dos festivais”,1 para citar o cineasta Manoel de Oliveira, e “um clube de diretores distantes da realidade social”,2 para retomar a análise de alguns cinéfilos. …

por em