Miscelânea

LIVROS O OFÍCIO Serguei Dovlátov, Kalinka Ao fim dos anos 1960, as artes vivenciaram um período de efervescência criativa. A geração que havia nascido após a guerra, tanto na União Soviética como no Ocidente, reivindicava uma arte que pudesse trilhar os caminhos da liberdade, como anunciava a trilogia de Jean-Paul Sartre publicada após 1945. Se …

No Líbano, o fantasma dos barris tóxicos

Uma aurora ainda tempestuosa se eleva sobre o tapete de imundície que cobre a praia de Zouk Mosbeh, no norte de Beirute. O enésimo desastre ecológico e sanitário desencadeia intermináveis polêmicas políticas. Para uns, o lixo que se estende a perder de vista foi carregado por riachos de aldeias na montanha controladas pelo partido cristão …

José Trajano: um operário do jornalismo

Duas câmeras posicionadas no centro do ambiente transformam a sala de José Trajano em um miniestúdio de televisão. Sobre a mesa de madeira, um roteiro com anotações e uma caneta esperam o apresentador. Às costas do assento vazio, uma estante repleta de livros, com destaque para política, música e cultura. “Estive tão envolvido com meu …

E a Europa criou Compostela…

Para chegar a Compostela, na Galiza, mais de 80 mil quilômetros de trilhas pela Europa foram marcados como “caminhos de Santiago”. Do norte e dos países escandinavos, ou do leste partindo da Lituânia, o peregrino dos tempos modernos pode atravessar uma rede de trilhas implantadas no conjunto do continente em direção à ponta noroeste da …

Bolívia, na contracorrente da América do Sul

“Mandar obedeciendo”: pronunciada por Evo Morales em 21 de janeiro de 2006, às vésperas de sua primeira posse presidencial, essa máxima emprestada do subcomandante Marcos1 simbolizava o compromisso do líder indígena e sindicalista boliviano de governar com os movimentos sociais que o tinham levado ao poder. Sua vitória, obtida com 53,7% dos votos em 18 …

A via crucis de um habeas corpus

  Em nossa história política, Lula tornou-se um personagem catalisador de fortes emoções. Jamais desperta indiferença: uns o adulam, outros o abominam. O espectro entre os dois extremos é parcamente povoado. A ruptura política imposta por um golpe parlamentar-judiciário-midiático contra sua sucessora deixa pouca margem à racionalidade. Somos hoje uma sociedade dividida entre vilões e …

Às margens do Rio do desenvolvimento

Nos últimos quinze anos, projetos de siderúrgicas, refinarias, termelétricas e grandes hidrelétricas pipocaram Brasil afora, à base de muita isenção fiscal e financiamento público a juros e prazos atrativos para investidores nacionais e estrangeiros. De outra parte, programas sociais importantes e diversas outras políticas de inclusão e equidade eram mantidos. Trabalhadores e empresários pareciam ter …

China e Rússia, cúmplices, mas não aliadas

Enquanto no Ocidente comentaristas destacam de bom grado e com acerto os desequilíbrios de poder entre a Rússia e a China, que, segundo eles, podem pôr em perigo sua cooperação apenas a longo prazo, os líderes dos dois países estão constantemente se comunicando sobre a solidez de sua parceria e demonstrando grande confiança mútua. Desde …

Suco detox e cardio training, o novo espírito da burguesia

“Equilíbrio do corpo e da mente”: essa é a promessa feita pelo que a revista de moda Vanity Fair chamou de “a academia mais sexy de Paris”.1 Localizada em uma mansão classificada como monumento histórico no nono distrito de Paris, a Blanche é a caçula da família Benzaquen, pioneira do fitness de luxo. Por trás …

Como a direita seduziu o eleitorado popular

Uma história profunda, epidérmica, é a que inspira nossos ressentimentos, na linguagem dos símbolos. Ela elimina o julgamento, elude os fatos. Determina o que nos inspira. Ela permite que aqueles que se encontram em ambos os extremos do espectro político deem um passo atrás e explorem o prisma subjetivo através do qual o lado adversário …

O mito do transumanismo

“O desenvolvimento indiscriminado de uma inteligência artificial poderia indicar o fim da humanidade.” Por ocasião da morte de Stephen Hawking, em março de 2018, essa famosa citação do astrofísico ecoou na imprensa e nas redes sociais. Durante muito tempo relegado aos registros da ficção científica, o medo da inteligência artificial está enraizado há alguns anos …

A internet como objeto de luta

Expressão pop do momento pré-eleitoral, as fake news não se vinculam tão somente ao uso antiético (e muitas vezes criminoso) das novas tecnologias de informação por parte de políticos ou de empresas para confundir a opinião pública, tampouco se referem apenas à leviandade de quem compartilha informações mentirosas. O que as notícias falsas colocam em …

Carro elétrico, uma miragem ecológica

  “Viva o carro elétrico!”, proclamou Carlos Ghosn, presidente do Grupo Renault, em 2009.1 “Rodar de graça, para sempre, utilizando raios de sol”, completou Elon Musk, presidente do grupo norte-americano Tesla, em 2013.2 Na China, o primeiro-ministro Li Keqiang elogia a chegada de novos veículos como forma de “fortalecer o crescimento econômico e proteger o …

Caminhoneiros, um ícone em via de desaparecer

“Contratam-se operadores independentes!” Plantados na grama, os cartazes da empresa de logística XPO Logistics, em Longbeach (Califórnia), fazem pensar naqueles restaurantes de estrada nos Estados Unidos sempre com o mesmo anúncio na porta: “Estamos contratando”. A multinacional do transporte de mercadorias (que em 2015 comprou o grupo francês Norbert Dentressangle por mais de US$ 2 …

A normalização do golpe

Dois anos depois do golpe de 2016, já ficou evidente que o Partido Togado não possui nenhum projeto.1 Alguns de seus membros não se importam com a demolição de parques industriais, o caos social ou a ascensão fascista. Acreditam ser um preço a pagar pela moralização do sistema político. No entanto, desejam colher o fruto …

As eleições e a retomada do Estado social

Todas as democracias têm eleições que variam em importância. Algumas são decisivas na história de um país, ao passo que outras representam uma continuação da política normal. Nos Estados Unidos, as eleições de 1860 e 1932 foram fundamentais. A primeira selou o fim da escravidão, e a segunda, o fim da recessão instaurada pela crise …

Os endividados

Sessenta e três milhões e seiscentos mil brasileiras e brasileiros deixaram de pagar contas que deviam e tornaram-se “ficha suja” nos serviços de proteção ao crédito.1 Esses inadimplentes são nada menos que 42% da população adulta do país. Mas não nos esqueçamos de que a questão das dívidas é maior: elas pesam não apenas sobre …

A fábula do 31 de agosto de 2013

Exatamente cinco anos atrás, uma interpretação da história das relações internacionais triunfou em todas as capitais do Ocidente. Metodicamente repetida, ela se tornou religião oficial. Em essência, ela explicava que o presidente Barack Obama teria cometido um erro de pesadas consequências, em 31 de agosto de 2013, ao se recusar a atacar o Exército sírio …