Miscelânea

LIVROS NO ESPELHO DO TERROR: JIHAD E ESPETÁCULO Gabriel Ferreira Zacarias, Editora Elefante   Partindo do desconforto produzido por boa parte das análises sobre as recentes ondas de ataques terroristas na Europa reivindicadas pelo Estado Islâmico, Gabriel Ferreira Zacarias coloca de maneira extremamente didática sob o rigoroso escrutínio da teoria crítica esses eventos, desvelando processos …

“A sociedade brasileira vive um fracasso medonho”

“Machista é o caralho”, esbravejou Cláudio Assis quando os microfones do Le Monde Diplomatique Brasil estavam prestes a ser desligados, terminada a entrevista em um hotel no centro da cidade de São Paulo. O desabafo, carregado de ironia e incômodo, faz menção às vaias que o diretor recebeu no Festival de Brasília de 2015. Meses …

Quando a gestão corporativa se torna letal

Uma leitura distraída dos acontecimentos poderia fazer esse caso exemplar passar por um episódio isolado. No último verão, decidiu-se que a France Télécom e seu ex-CEO, Didier Lombard, assim como seus auxiliares Louis-Pierre Wernès e Olivier Barberot irão a julgamento em 2019 por assédio moral. Responderão pelo suicídio de dezenas de empregados ocorrido no final …

Elogio da gratuidade

O projeto de renda universal suscita o entusiasmo de alguns, em sua imensa maioria animados pelo anseio de equidade e generosidade. Mas será que sua ambição repousa em alicerces sólidos, uma vez que postula a ideia de uma “crise do trabalho” nos termos da qual uma parte cada vez maior da população não encontrará mais …

A rede de prostituição nigeriana na França

Na França, a prostituição nigeriana é um fenômeno maciço que se desenvolve continuamente há trinta anos. Provenientes da região de Edo e, em particular, da cidade de Benin City ou de povoados vizinhos, um grande número de jovens, às vezes menores de idade, se deixa seduzir pela Europa. Em sua maioria, são mulheres nigerianas como …

Imigração, um debate enviesado

Os fluxos migratórios para a União Europeia atingiram seu nível mais baixo desde o início da “crise de refugiados” iniciada com a guerra na Síria. Em dois anos, o número de travessias ilegais das fronteiras do continente caiu para um nono do que era: de 1,8 milhão em 2015 para 204 mil em 2017. No …

Na Itália, uma rebelião antieuropeia?

Desde a chegada ao poder da coalizão formada pela Liga e pelo Movimento Cinco Estrelas (M5S), em 1º de junho, a Itália vem inquietando os comentaristas políticos europeus. Enquanto alguns se alarmam com a dureza das políticas migratórias do ministro do Interior, Matteo Salvini, outros denunciam as escolhas econômicas que ignoram as regras da União. …

Brexit expõe as fraturas do Partido Conservador britânico

Por muito tempo, o cargo de líder do Partido Conservador foi o mais cobiçado da vida política britânica. Fundado na década de 1830, esse partido esteve no poder durante dois terços do século XX. Para muitos candidatos, dirigi-lo é, portanto, o caminho mais curto para chegar ao número 10 da Downing Street, sede do Poder …

A Venezuela precisa sair do impasse

O período durante o qual Hugo Chávez presidiu o destino da Venezuela (1999-2013) foi marcado por sucessos inquestionáveis, particularmente no que diz respeito à redução da pobreza. O chavismo também pode orgulhar-se de resultados para lá de respeitáveis em áreas mais inesperadas, como o crescimento econômico: o PIB, por exemplo, quintuplicou entre 1999 e 2014.1 …

Estados Unidos, México e Canadá: uma renegociação desconcertante

Uma coisa é certa: após catorze meses de um diálogo às vezes virulento, a assinatura do Tratado Estados Unidos-México-Canadá (USMCA, na sigla em inglês), que concluiu a renegociação do Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (Nafta, na sigla em inglês), em 1º de outubro de 2018, veio acompanhada de quatro suspiros de alívio – os dos …

As primeiras fissuras na fortaleza do livre-comércio

Após treze meses de negociações, uma versão revista do Tratado Norte-Americano de Livre Comércio (North American Free Trade Agreement, Nafta) foi publicada em 30 de setembro de 2018.1 Não há nenhuma grande surpresa para ninguém: os governos do norte-americano Donald Trump, do canadense Justin Trudeau e do mexicano Enrique Peña Nieto não romperam com o …

Brasil, novo laboratório da extrema direita

Ainda impactados pelos resultados eleitorais no Brasil, muitos se perguntam como a avalanche de votos na candidatura de Jair Bolsonaro e do general Hamilton Mourão (PSL) ocorreu e o que exatamente pode acontecer em um governo de extrema direita no país. Ainda estamos longe de ter as respostas, mas as conexões entre seu principal guru …

O Congresso mais conservador dos últimos quarenta anos

O novo Congresso Nacional, renovado em 52% na Câmara e 85% no Senado – em relação às 54 vagas em disputa – será mais liberal na economia, mais conservador nos costumes e mais atrasado em relação aos direitos humanos e ao meio ambiente do que o atual. Pulverizado partidariamente e organizado em torno de bancadas …

A perfeitamente resistível ascensão de Jair e Hamilton

Os mecanismos políticos que permitiram a chegada da extrema direita ao governo do Brasil foram deflagrados em 2015, no primeiro ano do segundo mandato de Dilma Rousseff, em reuniões de parlamentares opositores e situacionistas, além de juristas e economistas de todas as cores políticas e ideológicas, organizadas por um deputado federal piauiense do PSB, Heráclito …

Um novo tempo. Mas… qual?

Durante o governo Temer, havia quem perguntasse por que não havia uma explosão das massas populares diante dos abusos e achincalhes que sofriam e os absurdos que se revelavam. O resultado das eleições de 2018 foi, quem sabe, uma dessas explosões – não do jeito como alguns esperavam ou desejavam. A seu modo, inesperado e …

Um olhar sobre a instável hegemonia da direita radical

Os últimos cinco anos testemunharam claras mudanças na política brasileira. A novidade veio, sobretudo, dos setores mais radicais da direita, agora fortalecidos após as eleições, nas quais colecionaram inúmeras e muitas vezes imprevistas vitórias. A conquista de Jair Bolsonaro é apenas a superfície de uma avalanche. Os resultados do pleito não decorrem, entretanto, apenas de …

Os brasileiros são todos fascistas?

Há poucos meses, o Brasil caminhava para uma guinada à esquerda. Tudo indicava que Luiz Inácio Lula da Silva (Partido dos Trabalhadores, PT) venceria facilmente a eleição presidencial em outubro de 2018. Com 40% das intenções de voto, o ex-chefe de Estado desfrutava de uma vantagem confortável sobre seus adversários, inclusive em um contexto de …

Somos muitos, podemos ser fortes

Cinquenta e oito milhões de brasileiros e brasileiras elegeram Jair Bolsonaro presidente da República. Isso representa 39% do total de 147 milhões de pessoas aptas a votar. Temos então que 89 milhões de brasileiros e brasileiras, ou 61% dos eleitores, não votaram nele. Destes que não votaram em Bolsonaro, 47 milhões votaram em Haddad; quase …

Mudança favorável na Ásia

Há um país onde, diferentemente do que ocorre no Brasil, a justiça processa ex-presidentes conservadores, os condena por desvio de verbas e manda-os para a prisão. Onde direita, extrema direita e protestantes fundamentalistas se consideram traídos por Donald Trump. Onde, em vez de questionar um acordo de desarmamento nuclear, como aquele feito com o Irã, …