Dezembro 2018

Edição 137

R$ 14,90Comprar

A ARTE DE MENTIR E DESMENTIR

Firehosing: por que fatos não vão chegar aos bolsonaristas

Edição 137 | Brasil

Polêmicas efêmeras que confundem milhões e falsidades que consolidam crenças são combustível para o firehosing, uma tática que tem nas redes sociais o terreno perfeito. Como pará-lo? Segundo um volume crescente de pesquisas da psicologia,1refutar (repetindo) mentiras não enfraquece valores e pode até reforçá-los. O que fazer então?


MÍDIA E BOLSONARO

O solo fértil do ódio

Edição 137 | Brasil

O profundo ódio e desigualdade entre as classes, o desprezo pela coletividade, a vigorosa arrogância presente em nossos espaços de convivência, a falta de perspectiva que leva milhões a credos religiosos baseados na extorsão, a absoluta descrença com a política, todos esses fenômenos não foram produzidos apenas nesta eleição ou mesmo nos últimos anos


OS DIREITOS HUMANOS, UM BLOCO INDIVISÍVEL

Sem igualdade não há liberdade

Edição 137 | Mundo

Ao adotarem a Declaração Universal dos Direitos Humanos, em 10 de dezembro de 1948, 58 países entraram, pela primeira vez, em acordo sobre os princípios que permitem a cada um viver em liberdade, igualdade e dignidade. Muito progresso se fez desde então, mas a explosão das desigualdades ameaça tanto as liberdades políticas como os direitos econômicos e sociais


A LIBERDADE DE EXPRESSÃO É SAGRADA?

Liberdade para Julian Assange

Edição 137 | Equador

Refugiado há seis anos na embaixada equatoriana em Londres, Julian Assange com certeza não pôde assistir ao vivo na CNN ao emocionante desfecho. Sua existência se parece com a de um prisioneiro.


EDITORIAL

Guerra de valores

Edição 137 | Brasil

Se esses movimentos já denotam os caminhos que esse novo governo vai trilhar – muito preocupantes por seu caráter autoritário e fundamentalista –, quando essas iniciativas saírem do papel e forem postas em prática vai se instaurar um confronto aberto na sociedade entre os defensores desses valores conservadores e a cultura pluralista e de respeito à diversidade que se desenvolveu no período democrático


COMO RESISTIR AO FIREHOSING

Pequeno manual de conduta e resistência ao controle do discurso e da libido

Edição 137 | Brasil

Ao perceber que o noticiário sobre o novo governo te faz espumar e compartilhar coisas o dia todo, pense em sair um pouco das redes sociais. Vá ver um filme, ler um livro, ouvir a música que você ama ou um disco novo. Consuma e produza arte, que é uma maneira e tanto de elaborar angústias e mobilizar forças, de forma crítica, inclusive


AVANÇOS E RETROCESSOS NA AMÉRICA LATINA E CARIBE

Direito à educação com igualdade de gênero

Edição 137 | América Latina

Avanços jurídicos e políticos no sentido de garantir a igualdade de gênero na educação encontram fortes obstáculos para sua concretização nas escolas de diversos países da América Latina e do Caribe. Barreiras culturais, falta de vontade dos governos e avanço de tendências fundamentalistas conservadoras e religiosas afetam meninas e mulheres


QUE AUTONOMIA OS CURDOS TERÃO NA SÍRIA DE AMANHÃ?

Futuro incerto em Rojava

Edição 137 | Síria

A Federação Democrática da Síria do Norte abriu conversações, rapidamente suspensas, com o regime de Damasco para consagrar sua autonomia de fato. A organização permanece sob a ameaça do Exército turco e da Organização do Estado Islâmico. Internamente, as tensões entre árabes e curdos se dissipam, mas uma desconfiança recíproca permanece


ESPLENDOR E MISÉRIA

Febre digital no Quênia

Edição 137 | Quênia

Ao lançar seu primeiro satélite em maio de 2018, o Quênia juntou-se ao punhado de países africanos presentes no espaço. O equipamento coletará dados destinados à prevenção de secas. A conquista é só mais um aspecto do desempenho tecnológico queniano, cujas descobertas inspiram o mundo, sem, contudo, solucionar os problemas estruturais do país


UMA NOVA REVOLUÇÃO VERDE?

Fertilizantes nitrogenados: providência transformada em veneno

Edição 137 | Europa

Produtos emblemáticos da “revolução verde”, os pesticidas e adubos sintéticos permitiram vencer o desafio alimentar apresentado pela explosão demográfica do século XX. Mas o recurso generalizado a esses produtos afeta gravemente a saúde dos agricultores e o equilíbrio do ambiente. Aprender a limitar seu uso é um dos imperativos da agricultura do século XXI


UMA NOVA REVOLUÇÃO VERDE?

Pesticidas e agricultores

Edição 137 | Mundo

Os perigos de vários produtos químicos utilizados na agricultura vão sendo aos poucos admitidos; entretanto, sua regulamentação e o reconhecimento dos males que provocam continuam sendo um combate árduo, em particular para os agricultores


SAÚDE

A cura da hepatite C em risco

Edição 137 | Brasil

O enfraquecido governo brasileiro de Michel Temer está abrindo mão de tratar todos os pacientes de hepatite C apenas para beneficiar uma megacorporação norte-americana. Nem conceder a patente nem importar o remédio com desconto resolveria o problema para os milhares de cidadãos que dependem desses medicamentos para sobreviver


BACIA DO RIO DOCE

Três anos de desastre

Edição 137 | Minas Gerais

A vitória de Bolsonaro, declaradamente contrário à defesa dos direitos humanos, do meio ambiente e dos indígenas e quilombolas, dá ensejo a uma expectativa negativa para as pessoas atingidas, em relação tanto à defesa de seus direitos socioeconômicos quanto à construção de soluções para problemas socioambientais enfrentados por elas


A MORTE DA EMPATIA?

Assembleias de som e fúria

Edição 137 | Brasil

Declarações como aquela da ministra Rosa Weber – presidente da instituição guardiã da lisura e da legitimidade no processo eleitoral –, de que, diante da avalanche de mentiras das fake news, não podia fazer milagre, devem ser vistas menos na chave da agitação política e mais na da reflexão político-teórica


Miscelânea

Edição 137 | Brasil

VIRADA À DIREITA DO SUCESSOR DE RAFAEL CORREA

No Equador, o liberalismo-surpresa

Edição 137 | Equador

O Equador com frequência entusiasmava os progressistas durante a presidência de Rafael Correa (2007-2017): redução da pobreza, reestruturação da dívida pública, asilo político a Julian Assange, fundador do WikiLeaks… Como então explicar a guinada de 180 graus de seu sucessor, Lenín Moreno, eleito para conduzir a mesma política?


“SINERGIA ENTRE O DESENVOLVIMENTO TECNOLÓGICO E ESPIRITUAL”

Cosmismo, uma velha ideia russa para o século XXI

Edição 137 | Russia

Desde o fim da União Soviética, as elites russas procuram por ideologias alternativas. Conjugando cristianismo, racionalismo e sonho de imortalidade, o cosmismo, uma corrente de pensamento nascida no século XIX, oferece um quadro adequado para casar o relançamento dos programas científicos com a afirmação de valores tradicionais


70 ANOS DA DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS

Longo caminho rumo à dignidade

Edição 137 | Europa

Os Estados-membros da ONU estão engajados em defender quais liberdades fundamentais? A leitura da Declaração Universal dos Direitos Humanos dá vertigem: ela garante quase todos os direitos políticos e sociais. Mas com quais meios? Resultado de um longo combate, contudo, a Declaração continua sendo uma eficaz ferramenta de progresso


INFANTILIZAÇÃO INTELECTUAL NAS ESCOLAS DE NEGÓCIOS

A teologia do management

Edição 137 | França

Para converter alunos de cursos preparatórios em administradores, as grandes escolas de negócios institucionalizam um fenômeno de desescolarização. Os estudantes perdem progressivamente o gosto pelo saber acadêmico para se submeter às obrigações da vida dos negócios. Liberados da preocupação escolar, eles podem se adaptar ao “sério” mundo das empresas


CLASSES POPULARES E INJUSTIÇA FISCAL

Na origem do ódio ao imposto

Edição 137 | França

A mobilização na França contra os impostos sobre os combustíveis pôs em evidência um sentimento de injustiça fiscal expresso, sobretudo, pelos assalariados subalternos e pelos pequenos autônomos. Em um país onde o imposto continua sendo uma alavanca para a redistribuição, como explicar que ele seja contestado por quem está no ponto mais baixo da escala social?