Maio 2012

Edição 58

R$ 24,00Leia mais

EDITORIAL

Classes médias?

Silvio Caccia Bava


MODELO ECONÔMICO

O caminho para a reindustrialização

O debate nacional dá a impressão de que os brasileiros não fizeram um esforço para compreender a natureza das transformações ocorridas nos últimos 30 anos. A esquerda continua prisioneira do estatismo míope e inibidor das decisões privadas de investimento, já a direita aposta num liberalismo mítico, que nunca existiuLuiz Gonzaga Belluzzo


NACIONALIZAÇÃO DA YPF

Uma nova rodada

O governo argentino acusa os antigos proprietários da YPF de ter distribuído 90% dos lucroas da empresa aos acionistas, e que a produção de petróleo caiu 20% desde 2004Serge Halimi


DIREITOS HUMANOS

Escracho, um instrumento de luta

Nascidos na Argentina na década de 1990 para denunciar os agentes da ditadura civil-militar responsável por um saldo de 30 mil mortos e desaparecidos no período, os escrachos criaram condenação social e abriram caminho para a abertura dos processos judiciais contra militares e civis envolvidos na repressãoDafne Melo


O LUGAR DA CLASSE MÉDIA

Riscos e perspectivas de alianças de classes

Num momento de eleições, uma aliança entre classes populares e médias parece evidente para grande parte da esquerda francesa, que desejaria uma frente “antisarkozysta”, “antiliberal”. Porém, esse tipo de coalizão normalmente resulta no abandono de projetos de transformação mais avançados em prol de reformas limitadasDominique Pinsolle


O LUGAR DA CLASSE MÉDIA

Afetada pela crise, a classe média vai às ruas

Além do desejo dos manifestantes, podemos realmente reunir todas as manifestações de “indignados” em uma mesma categoria? De Cairo a Atenas, de Santiago do Chile a São Francisco, estaremos assistindo ao surgimento de um “povo mundial em luta”?Raphael Kempf


O LUGAR DA CLASSE MÉDIA

No “3° mundo”, os independentistas “reacionários”

Após a Segunda Guerra Mundial, na maior parte dos países que ainda não estavam sob o termo guarda-chuva “terceiro mundo”, foi a luta anticolonial, mais que a questão social, que estruturou o debate sobre as alianças políticas e uniu a esmagadora maioria da populaçãoAlain Gresh


O LUGAR DA CLASSE MÉDIA

As camadas médias no levante árabe

Nos países que conheceram os levantes de massa (Bahrein, Egito, Líbia, Síria, Tunísia e Iêmen), as amplas camadas dos menos favorecidos da sociedade se uniram com o fundamental das camadas médias: trabalhadores autônomos, artesãos, comerciantes e profissionais liberaisGilbert Achcar


RIO+20 E A CIDADE

Devir mundo da favela e devir favela do mundo

As favelas criam continuamente novas formas de vida, mesmo no seio desse novo ciclo de acumulação do capitalismo globalizado – que é financeiro, mas também fundiário e cognitivo-criativo-cultural. E, nessa criação contínua, entram em conflito com as atuais transformações urbanas em direção aos megaeventosGiuseppe Cocco|Alexandre Mendes|Barbara Szaniecki


O LUGAR DA CLASSE MÉDIA

Progresso recento do Brasil se aproxima da encruzilhada

A virtuosa combinação de aquecimento do mercado de trabalho e avanço nas políticas redistributivas provoca forte redução da miséria e vigorosa ascensão social na base. É nesse cenário social que está inserido o tão comentado fenômeno do surgimento de uma nova classe média, ou “classe C”; para nós, baixa classe médiaWaldir Quadros


O LUGAR DA CLASSE MÉDIA

A fabricação da classe média russa

São os jornalistas que encontram nas manifestações a confirmação de uma realidade pré-fabricada, ignorando a diversidade de condições sociais encontrada nos protestos. Assim, “classe média” se torna uma categoria pronta, exemplar, num movimento que evita aprofundar questões sociais pesadas e potencialmente conflituosasAlexandre Bikbov


CRISE ECONÔMICA

Angola socorre Portugal

Os estrategistas angolanos veem em Portugal a plataforma perfeita para sua internacionalização. Chegam às vezes a se comportar como conquistadores, numa atitude não desprovida de sentimento de vingançaAugusta Conchiglia


BOLÍVIA

Marchas e contramarchas diante da arbitrariedade governamental

Evo Morales foi apresentado à comunidade internacional como defensor universal dos direitos da Mãe Terra e o 1° indígena a chegar à presidência na Bolívia. Por que então ele insistiu em construir uma estrada cortando o Parque Indígena Isiboro Sécure, a ponto de criar inimizade com setores sociais que antes o apoiavam?José Antonio Quiroga T.


ELEIÇÕES NA FRANÇA

Meios de comunicação contra a igualdade

Se a mecânica institucional restringe o leque de ideias políticas que possuem voz, é possível imaginar o atrofiamento de uma campanha eleitoral que depende da boa vontade dos jornalistasPierre Rimbert


ESPECIAL FUNDAÇÃO FORD

Lições fundamentais para fazer a diferença

O que as transformações dos últimos 20 anos significam para o desenvolvimento sustentável? A Rio+20 será o momento de responder a essa pergunta e explorar como essas mudanças aceleradas podem ser convertidas em avanços para a sustentabilidade e a promoção da justiça social e na melhoria da qualidade de vidaLuis A. Ubiñas


ESPECIAL FUNDAÇÃO FORD

Entre a “proteção” e o “protecionismo”

Assiste-se atualmente à aplicação de políticas de “reorganização de espaços e territórios” que não são um produto mecânico da expansão gradual das trocas, mas sim o efeito de uma ação de Estado rotecionista, voltada para a reestruturação de mercados, disciplinando a comercialização da terra, das florestas e do subsoloAlfredo Wagner Berno de Almeida


ELEIÇOES NA FRANÇA

Quando os executivos do business fracassam na política

Enquanto distribuiu generosamente a ordem da Legião de Honra e comemora suas vitórias eleitorais em meio a executivos, Nicolas Sarkozy confere visibilidade ao círculo sobre o qual se apoia. Mas esse modo de governar, misturando política e negócios, parece ter atingido seu limiteAlain Garrigou


SUPERPOTÊNCIAS

Reequilibrar as relações entre China e Estados Unidos

O fulgurante desenvolvimento da China mexe com os poderes estabelecidos e complica seriamente as relações do país com os Estados Unidos. Washington reage adotando medidas que se dizem preventivas, mas podem ser entendidas como ofensivas e pressionar Pequim a uma reação ainda mais agressivaShen Dingli


RIO+20 E A CIDADE

A “cidade olímpica” e sua [in]sustentabilidade

Não podemos compreender aspectos cruciais da gestão das metrópoles sem levar em consideração a importância dos megaeventos, pela ampla coalizão de atores e pelo formidável volume de recursos que são capazes de acionar, bem como por seus efeitos de ruptura nas diversas dimensões do espaço socialFernanda Sánchez


AMÉRICA CENTRAL

Uma esquerda sem graça prospera na Nicarágua

A reeleição de Daniel Ortega confirmou a virada à esquerda de parte da América Latina. Entretanto, a evolução recente do poder sandinista, em especial na questão dos direitos das mulheres, ilumina as armadilhas de uma lógica que conduz forças progressistas a renunciar a certos princípios em nome da manutenção do poderMaurice Lemoine


AL-JAZEERA

O cenário da mídia árabe ameaçado pelo dinheiro

Ao longo das batalhas da Primavera Árabe, a Al Jazeera perdeu sua credibilidade ao se alinhar à estratégia internacional do Qatar. Paralelamente, emergem televisões privadas locais, frequentemente dominadas por capitais sauditasYves Gonzalez-Quijano


MULHERES

A mãe e a puta estão de volta

A crise e a falta de perspectivas individuais e coletivas parecem reativar a feminilidade mais arcaica, percebida como uma saída em uma sociedade dura, competitiva, implacável – seja no recolhimento do lar ou na busca por um lugar ao solMona Cholllet


CINEMA

Quando Holywood cultivava sua fibra social

No entreguerras, alguns atores e diretores norte-americanos muito populares misturavam à sua ligação aos valores tradicionais uma clara sensibilidade progressista. O percurso do cineasta John Ford é testemunho dissoÉdouard Waintrop


GASTO SOCIAL E INVESTIMENTO

A nova economia política brasileira

Na década atual, a generalizada melhoria do quadro social se deve à combinação de importantes fatores: estabilidade monetária, expansão econômica, reforço das políticas públicas, elevação do salário mínimo, ampliação do crédito popular, reformulação e alargamento dos programas de transferência de renda, entre outrosMarcio Pochmann