Agosto 2012

Edição 61

R$ 24,00Leia mais

EDITORIAL

O que esperar dos vereadores

Silvio Caccia Bava


CRISE

A lei dos canalhas

Nosso mundo está infestado de dados arbitrários ou distorcidos, em nome dos quais populações inteiras são martirizadas, como na EspanhaSerge Halimi


ECONOMIA

A dependência redobrada

Estaríamos finalmente deixando para trás a situação de dependência e submissão que secularmente nos caracteriza? E como combinar essa interpretação auspiciosa com os claros sinais de desindustrialização, de recusa do investimento em decolar, de retrocesso para uma posição periférica de país produtor de commodities?Leda Maria Paulani


ESPANHA

O gato de Felipe González

Não é por acaso que “crise” foi substituída por “queda no crescimento” ou que o salvamento de um banco privado por fundos públicos foi apresentado como um “empréstimo em melhores condições”. Desde o primeiro dia da transição democrática na Espanha, o eufemismo se impôs como elemento estrutural do discurso políticoLuis Sepúlveda


O QUE ESPERAR DAS ELEIÇÕES

Alerta aos candidatos

As amarras legais estrangulam a administração municipal. Uma sintonia perversa: quando o prefeito sofre a pressão para assumir encargos impossíveis de realizar, cresce a fiscalização sobre as tarefas a cumprirPaulo Ziulkoski


O QUE ESPERAR DAS ELEIÇÕES

Eleições e o desafio da sustentabilidade

Os planos de governo devem ser o centro das eleições municipais. São essas informações que assegurarão condições para que as pessoas exerçam seu papel de cidadãs nesse contexto, definindo o melhor prefeito e vereador para sua cidade e tendo em mãos ferramentas para fiscalizar a execução das promessas de campanhaEduardo Tadeu


AMÉRICA LATINA

Golpe franco no Paraguai

Os deputados e senadores paraguaios não apresentaram nenhuma prova nem solicitaram que se investigassem os casos mencionados na acusação, porque, segundo o ordenamento jurídico vigente, fatos como esse não precisam ser provados, já que são de “notoriedade pública”Raúl Cazal


MEGAOBRAS

A arte dos grandes projetos inúteis

Os grandes projetos de planejamento territorial nem sempre visam satisfazer necessidades. Para defender a construção de uma linha férrea que pouca gente utilizará, empreiteiros impressionam em retórica. Justificar o inútil tornou-se uma verdadeira cultura, cujas normas são expressas a seguir, em um seminário fictícioAlain Devalpo


ORIENTE MÉDIO

Jordânia espera por sua primavera

A poderosa organização Irmandade Muçulmana da Jordânia decidiu boicotar o escrutínio legislativo previsto para o fim do ano. Em questão, uma lei eleitoral que favorece as zonas tribais e, principalmente, a resistência do rei em empreender verdadeiras reformasHana Jaber


ORIENTE MÉDIO

Esquerdas árabes se dividem diante da crise na Síria

Ao contrário das revoltas egípcia e tunisiana, a insurreição síria de março de 2011 não foi unanimidade no seio das esquerdas árabes. Entre a empatia pelas reivindicações democráticas dos manifestantes e o temor de ingerências políticas e militares exteriores, as divisões se aprofundamNicolas Dot-Pouillard


RIO+20

Todos sabem como bloquear, mas ninguém quer liderar

Os líderes mundiais diplomaticamente reconheceram que no momento não são capazes de liderar nossa civilização para lidar com as importantes e urgentes questões globais com as quais deparamosAna Toni


O QUE ESPERAR DAS ELEIÇÕES

As eleições municipais e o fortalecimento da democracia

As eleições no Brasil são um espaço para a prática coletiva da cidadania, onde se solidifica a cultura da participação social. O direito à escolha faz a sociedade tornar-se cada vez mais consciente, crítica e exigente.João Coser


CIDADES SUSTENTÁVEIS

Unir o verde e o vermelho

Em entrevista, o economista político Patrick Bond, diretor do Center for Civil Society da Universidade de KwaZulu-Natal, em Durban (África do Sul), e ativista de movimentos sociais, defende que a construção de cidades sustentáveis passa pela aliança da agenda ambientalista com a da justiça socialSilvio Caccia Bava


AFEGANISTÃO / 25 ANOS ANTES DOS NORTE-AMERICANOS

Da ideologia à eletricidade

Interrogado sobre a partida das tropas ocidentais do Afeganistão, o embaixador russo em Cabul não pôde deixar de pensar na experiência da União Soviética dos anos 1980. Mas, há 30 anos, ela se apoiava sobre um movimento comunista autóctone, o qual, indócil e dividido, precipitou o engajamento de Moscou no conflitoChristian Parenti


DIREITO DE PROPRIEDADE

Compra de patentes, prêmio à bagunça

Vitória agridoce para a Samsung em disputa com a Apple: a justiça decidiu que seu tablet não é um plágio do iPad porque ele não é “tão cool” quanto o original. Absorvendo milhões com o pretexto de proteger a inovação, a “guerra das patentes” prossegue. Mas não existem formas de estimular a invenção de coisas úteis?Dean Baker


CONSÓRCIOS PÚBLICOS

Uma aposta estratégica do federalismo brasileiro?

As políticas sociais emanadas da Constituição, impulsionadas pelos movimentos sociais e acolhidas pelos partidos políticos demandaram arranjos institucionais capazes de assegurar coordenação e cooperação entre os entes federados por elas responsáveisVicente Carlos y Piá Trevas


FORTUNAS ESPACIAIS

A Ilha de Man em órbita

Uma viagem turística ao redor da Lua? Vendida a US$ 20 milhões, a passagem ainda está cara. Mas, duas empresas a comercializam. Se a primeira corrida ao espaço opunha duas grandes potências – os EUA e a URSS–, os concorrentes do século XXI são empresas privadas, como a Excalibur Almaz, sediada na Ilha de ManPhilippe Rivière


SOCIEDADE

Esperando o apocalipse

Prever o fim do mundo é um passo clássico de seitas e igrejas. Mas, Diferentemente dos milenaristas, os preppers não esperam um desastre específico em determinada data. Tudo pode acontecer, a qualquer hora: meteorito gigante se chocando com a Terra, erupção vulcânica, combinação de desastres ecológicos, pandemia…Denis Duclos


MERCADO DE ARTE

Para onde vai o busto de Nefertite?

Em grandes museus da Europa e dos Estados Unidos, sorriem budas e estátuas gregas… Contudo, a legitimidade da apropriação de certas obras está sendo questionadaPatrick Howlett-Martin


URBANIZAÇÃO DA SOLIDÃO

Las Vegas: o impasse norte-americano

Considerando que uma vitória em Nevada será decisiva nas eleições presidenciais dos EUA, os principais candidatos gastaram ali recursos que ultrapassam a compreensão. Em Las Vegas, a metrópole do estado e capital do jogo, tudo é desmedido. A começar pelo urbanismo, que isola os indivíduos e corrói as relações sociaisAllan Popelard e Paul Vannier


COMUNICAÇÃO

The Economist, o jornal mais influente do mundo

O que une o apoio à guerra do Iraque e à legalização das drogas, a condenação do WikiLeaks e do “Leviatã estatal”, a celebração do liberalismo e o chamado ao resgate dos bancos? Essas posições foram defendidas pela mesma publicação: The Economist. A qual, a cada semana, exibe um espelho lisonjeiro às classes dominantesAlexandre Zevin


AGENDA 21 LOCAL

Promessas que precisam ser cumpridas

Apesar da aceleração do crescimento humano no último século, o mundo foi ao mesmo tempo ficando pequeno, conectado e… desigual. As distâncias diminuíram, mas os abismos parecem intransponíveis. Como enfrentar essa condição preservando os ecossistemas e garantindo boa condição de vida?Nina Orlow


FORTUNAS ESPACIAIS

Em busca do oitavo continente

“Nosso objetivo a longo prazo é desenvolver um sistema de transporte que permita à humanidade se tornar uma espécie multiplanetária”Philippe Rivière