Dezembro 2012

Edição 65

R$ 14,90Comprar

EDITORIAL

Indícios de polarização

Silvio Caccia Bava


A DISPUTA PELOS RECURSOS NATURAIS

Para ser ou ouvir Guarani-Kaiowá

Da internet para as ruas, a onda de solidariedade traz pressão por justiça para a segunda maior população indígena do país. Ainda há muito que fazer por parte de apoiadores, Estado e justiça para superar a situação de genocídio − especialmente aprender a ouvi-losCristiano Navarro


A DISPUTA PELOS RECURSOS NATURAIS

Um gosto amargo de déja vu: desenvolvimento e os índios

O Brasil mudou muito nos últimos setenta anos, mas ainda pede e merece uma mudança de mentalidade a respeito do significado do termo “desenvolvimento”, sob o risco de produzir, pelo esgotamento de seus recursos naturais, o extermínio físico das populações indígenas em um futuro não mais tão distanteArtionka Capiberibe e Oiara Bonilla


ABALOS EM UMA PASSAGEM DOMINADA POR GRUPOS PRIVADOS

Na América Latina, governos enfrentam os barões da mídia

Na batalha que os opõe aos grupos privados de comunicação, os governos latino-americanos que decidiram regulamentar o setor de informações acabam de descobrir um aliado: o Partido Conservador britânico. Os desvios do grupo Murdoch os convenceram de que não se pode esperar que as empresas de mídia se autorregulemRenaud Lambert


A AUTOINTITULADA "BÚSSOLA ÉTICA" DO BRASIL

Veja, a tática do cinismo

Em vez de se apresentar como a ponta de lança da campanha anticorrupção que acabaria por levar Collor a renunciar, a Veja o apoiava sempre que possível. Mais tarde, reinventaria a própria imagem e o papel que desempenhava na queda do presidente corruptoCarla Luciana Silva


VIDA DE EX-PRIMEIRO-MINISTRO

Tony Blair Ltda

O ideal republicano sofreria com a ideia de que o serviço público não é mais um fim em si, mas uma simples etapa de uma carreira baseada na perspectiva de enriquecemento pessoal?Ibrahim Warde


DA OFENSIVA EM GAZA À BATALHA NA ONU

Quando a Palestina se recusa a desaparecer

Enquanto o cessar-fogo em Gaza reforça a posição do Hamas no plano interno, a ONU examina a candidatura da Palestina a Estado-membro, demanda apresentada pelo presidente Mahmoud Abbas. Este, bastante enfraquecido, se bate contra Israel, os EUA e diversos países europeus, mas também contra o ceticismo dos palestinosLeila Farsakh


FIM DA ESTRATÉGIA SULISTA?

A ascensão do voto das minorias nas eleições norte-americanas

Degradação da situação no Oriente Médio e necessidade de se entender com os republicanos quanto à redução dos déficits: ainda que reeleito, e antes mesmo do início de seu mandato, Obama já precisa enfrentar uma agenda complicada. Sobre qual base social ele poderá se apoiar para enfrentar os desafios que o esperam?Jerome Karabel


ECONOMIA

Capital financeiro e desigualdade

Mobilidade do capital financeiro e centralização do capital produtivo à escala mundial. Essa convergência suscitou os surtos intensos de demissões de trabalhadores, a eliminação dos melhores postos de trabalho, enfim, a maníaca obsessão com a redução de custos. Não se trata de nenhuma inevitabilidade tecnológicaLuiz Gonzaga Belluzzo


DA SOLIDARIEDADE AO DOMÍNIO

A Europa diante da hegemonia alemã

A negociação do orçamento de 2014/20 da U.E divide os países-membros. Enquanto o desejo britânico de obter um “desconto” atrai as atenções, o conjunto do projeto vacila. Decididos a reduzir um orçamento já restrito, os países do Norte enfrentam os do Sul, que, reclamam por recursos. Mais uma vez, Berlim conduz a dançaPerry Anderson


ESCALADA DA TRUCULÊNCIA

Gaza

Nesse caso, a Europa tem agido como um retransmissor diplomático de Tel-Aviv. E a França contribui para esse alinhamentoSerge Halimi


DESENVOLVIMENTO E SUBDESENVOLVIMENTO

Um novo código mineral para quê?

Ao criar mecanismos que assegurem o aumento no ritmo de exploração mineral, o Estado, ainda que em nome da geração de divisas que viabilizem políticas de redução da pobreza e desigualdade social, impulsiona um processo de despossessão, muitas vezes autoritária e violenta, dos grupos sociais nos territóriosJulianna Malerba e Bruno Milanez


DESENVOLVIMENTO E SUBDESENVOLVIMENTO

Fundos sociais da mineração e sociodeterminação do território

A construção sociopolítica de uma visão alternativa ao produtivismo mineral em favor de uma abordagem de justiça socioambiental vem se afirmando na agenda pública, promovida, insistentemente, por ONGs, redes e movimentos sociais de atingidosCarlos Bittencourt|Rodrigo Santos


NOS MEANDROS DA AIEA

Uma agência bem pouco independente

Incapaz de regular a circulação de combustíveis nucleares e de administrar a situação iraniana, a Agência Internacional de Energia Atômica tem duas faces: apoiadora das aplicações civis da fissão nuclear e repressora do uso militarAgnès Sinaï


TURISMO MÉDICO

Safári do bisturi em Nova Déli

A gripe aviária e a dengue lembram que as epidemias viajam nos mesmos veículos que as pessoas e os animais. Do ponto de vista individual, fazer uma cirurgia no exterior pode parecer vantajoso. Porém, o desenvolvimento do turismo médico guarda relações com o fortalecimento de doenças resistentes a antibióticosSonia Shah


SUBSISTÊNCIA OU ESPECULAÇÃO

Filipinas: terras em leilão

Com o aumento do preço dos alimentos, em todo o mundo, as propriedades rurais estão sendo cada vez mais cobiçadas. Nas Filipinas, as terras utilizáveis pelos camponeses foram declaradas “improdutivas” e cedidas a investidores sauditas, taiwaneses…Philippe Revelli


SOCIEDADES DOENTES

Batalha silenciosa pelo tempo

“A esquerda deve voltar a falar com vontade do tempo de trabalho”, clama no Libération o socialista Pierre Larrouturou, partidário da semana de quatro dias. Mas será que a luta pela redução da jornada esgota a questão da relação problemática com o tempo que abarca as sociedades ocidentais contemporâneas?Mona Chollet


EDUCAÇÃO

As dificuldades de aprender armênio na Turquia

Quase um século depois do genocídio (1915-1916), 60 mil armênios vivem na Turquia. Em Istambul, essa comunidade dispõe de uma rede de escolas: dezesseis estabelecimentos que educam cerca de 3 mil alunosAziz Oguz


ENTREVISTA

O futuro da humanidade

Para o sociólogo e filósofo Edgar Morin, veterano da Resistência Francesa durante a Segunda Guerra, transformações invisíveis que acontecem neste momento em nossa sociedade escondem as sementes da construção do improvável. “Entre a desilusão e o encantamento existe uma via que é a da vontade e da esperança”, anunciaSilvio Caccia Bava


POLÍTICA

O legado do mensalão

O advogado Rubens Naves, conselheiro e fundador da Transparência Brasil, ex-professor de Teoria Geral do Estado da PUC-SP, diz que a condenação do mensalão reflete a crescente intolerância com a corrupção. Para ele, o julgamento não demoniza o PT, mas coloca um desafio aos partidosLuís Brasilino