Miscelânea

MIL OLHOS, MIL BRAÇOS: RELATOS DE UM PUNK ANTROPOFÁGICO NA CHINA VERMELHA Ale Amazonia, Autonomia Literária Desde que cheguei à China, há cerca de um ano, me sinto de ressaca. Uma ressaca daquelas em que você tem dificuldade em raciocinar em razão de uma fraca, mas constante dor de cabeça e uma lentidão no pensamento. …

por em

Balança geopolítica mundial deve pender para o lado asiático

A embaixadora Thereza Quintella é um dos melhores quadros da boa diplomacia brasileira, a de Celso Amorim e Samuel Pinheiro Guimarães. Aposentada do serviço público, permanece atenta às tramas da geopolítica internacional e às disputas por hegemonia travadas permanentemente entre as grandes potências, e exercita o hábito de estudar o fato político perfurando sua epiderme; …

por em

Para automatizar a censura, clique aqui

Em 26 de abril, enquanto a mídia tremia de medo diante da ideia de que um bilionário libertário comprasse o Twitter, o comissário europeu para o mercado interno, Thierry Breton, julgou útil advertir Elon Musk sobre a rede social: “Qualquer empresa operando na Europa deve obedecer a nossas regras”. Que ele proclame uma evidência, que …

por em

Para automatizar a censura, clique aqui

Em 26 de abril, enquanto a mídia tremia de medo diante da ideia de que um bilionário libertário comprasse o Twitter, o comissário europeu para o mercado interno, Thierry Breton, julgou útil advertir Elon Musk sobre a rede social: “Qualquer empresa operando na Europa deve obedecer a nossas regras”. Que ele proclame uma evidência, que …

por em

Música e greenwashing

Enquanto sua inspiração se esgota – a prova disso é seu último álbum, Music of the Spheres –, o grupo britânico Coldplay produz um discurso prolixo sobre as consequências para o meio ambiente da indústria musical, da qual ele é um dos maiores vendedores. Após ter anunciado, em 2019, que renunciaria às turnês gigantescas esperando …

por em

Os bárbaros estão em nossas portas!

No dia seguinte ao primeiro turno das eleições legislativas francesas, o ex-ministro da Educação Nacional, Jean-Michel Blanquer, derrotado, lançou-se contra o partido A França Insubmissa, “uma extrema esquerda antirrepublicana” e “cheia de ódio” (BFM-TV, 13 jun.). Por toda parte, a maioria presidencial reservou seus golpes à Nova União Popular Ecológica e Social (Nupes), que reúne …

por em

A revolta popular no Sri Lanka

Exceto por uma curta interrupção, a família Rajapaksa detém as rédeas do poder no Sri Lanka há dezessete anos: sob a presidência de Mahinda de 2005 a 2015 e depois, desde 2019, sob a de seu irmão Gotabaya. A popularidade do clã com a maioria cingalesa budista (mais de 70% da população) está baseada na …

por em

No front dos cereais

Imensas colunas de veículos pesados congestionam as planícies do sul da Moldávia. Os caminhões atravessam o vilarejo de Giurgiulesti nos dois sentidos, cujo modesto porto fluvial abriga alguns terminais às margens do Danúbio, tranquilo nessa manhã de junho. Desde o mês de fevereiro e da invasão russa, esse ponto de encontro entre Ucrânia, Moldávia e …

por em

Um espelho do “desprezo pelos pobres”

No momento das férias, alguns gastam fortunas para estar longe de seu país, no outro canto do mundo. Entretanto, Éric Zemmour, candidato de extrema direita à presidência da França nas eleições de abril de 2022, precisa apenas de um bilhete de metrô. Ele pode assim se dirigir, a algumas estações de Paris, a Seine-Saint-Denis, um …

por em

Rússia: reprimir mais, prender menos

Boris Nemtsov morreu aqui. Na calçada gelada, rosas e ramos de abeto circundam o rosto do dissidente político, uma figura perseguida do movimento anticorrupção e antiguerra desde a anexação da Crimeia. Detido três vezes e encarcerado, ele foi misteriosamente baleado nesta ponte em fevereiro de 2015, a poucas dezenas de metros das fortificações do Kremlin. …

por em

O cruzeiro se diverte, o mar sufoca

O gigantismo dos navios de cruzeiro está batendo recordes: em novembro de 2021, os estaleiros do Atlântico de Saint-Nazaire entregaram o navio Wonder of the Sea, de 362 metros de comprimento, à Royal Caribbean, que possui as nove mais imponentes embarcações desse tipo no mundo. Uma cidade móvel, o Wonder of the Sea tem uma …

por em

A efervescente arte africana

Em Kinshasa, em 2013, Michel Ekeba fundou o coletivo Kongo Astronauts, cujos membros, exceto sua companheira e artista Éléonore Hellio, variam de acordo com a vontade de cada um e conforme seus encontros. Seus flash mobs nas ruas da capital da República Democrática do Congo (RDC) e suas experiências em artes plásticas e cinematográficas, em …

por em

O presidente mexicano é uma marionete controlada pelos empresários?

Tamales de milho com chipilín, feijão preto e banana frita – uma refeição típica de sua terra natal, o estado de Tabasco: eis o cardápio que o primeiro presidente de esquerda da história recente do México ofereceu, em 21 de novembro de 2021, a seus convidados, membros do “Conselho Empresarial”. Poucos dias antes de sua …

por em

FMI, as três letras mais odiadas do mundo

A porta do elevador se abre. Duas jovens saem, prosseguindo sua conversa em um idioma do Leste Europeu. Seus crachás indicam que são búlgaras, e economistas. O encarregado de comunicação que nos acompanha, de origem palestina, apresenta o historiador da organização que nos recebe, um economista indiano, antes de nos levar ao gabinete do chefe …

por em

Argélia, sessenta anos da Independência

“Como dizer ao mar que nos afogamos na terra?” Escrita num árabe castigado numa parede do bairro de Ain Naâdja, em Argel, e reproduzida numa página do Facebook intitulada “Através do lahyout (as paredes)”, a frase resume um estado de espírito feito de amargura, cansaço e falta de esperança diante do futuro. À medida que …

por em

Que Brasil queremos reconstruir?

No dia 25 de maio, mais de noventa organizações lançaram o documento Propostas dos Movimentos Populares para Superar a Crise e Reconstruir o Brasil. Esse mesmo documento foi entregue para a candidatura Lula e Alckmin, dois dias depois, em ato na cidade de São Paulo. Mas para qual Brasil apontam os movimentos populares? Para responder …

por em

A burguesia brasileira e a ofensiva neoliberal

Em agosto de 2005, no auge da crise do primeiro governo Lula, o então presidente da Fiesp, Paulo Skaf, reunia-se com outros empresários brasileiros para manifestar apoio ao presidente e ao governo, qualificando como “descabidas e inoportunas as notícias de pedidos de impeachment”.1 Dez anos depois, o mesmo Skaf declarou o apoio da entidade ao …

por em

No caminho da dependência

A partir do início dos anos 1990, a estrutura e a dinâmica do capitalismo brasileiro passaram por um processo de transformações estruturais que implicou a constituição de um novo padrão de desenvolvimento capitalista, aqui denominado padrão liberal periférico (PLP) – uma forma específica de dependência ao imperialismo, subsumida e articulada à nova divisão internacional do …

por em

Inflação persistente e falta de políticas efetivas para minorar o problema

A inflação ou o aumento do nível geral de preços vêm assombrando o país. Muito se alertou, ao longo de 2020, sobre a necessidade de adotar políticas efetivas para o enfrentamento da elevação dos preços dos alimentos. Naquele ano, o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumulou 4,52%, pouco acima da meta de …

por em

Por trás das evidências

No momento em que os olhos do mundo se voltam outra vez para a Amazônia, escandalizados pela violência e pelo domínio do crime organizado nesse território, situação evidenciada internacionalmente pelo assassinato de Dom Phillips e Bruno Araújo Pereira e pela ausência do Estado nessa área, outros elementos precisam compor o quadro de análise das ameaças …

por em

Um presidente constrangido

A desaprovação do presidente Emmanuel Macron é contundente. Falando logo após sua recondução ao Eliseu, ele confirma que sua vitória em abril passado foi adquirida por défaut [por inércia, no automático…]. Nas eleições legislativas de junho, Macron de fato perdeu sua maioria parlamentar, apesar de um sistema de votação que super-representa os candidatos do governo …

por em