Setembro 2019

Edição 146

R$ 18,00Comprar

Golpe de Estado judicial

No Brasil, mistérios de um golpe de Estado judicial

Edição 146 | Brasil

A destituição da presidenta Dilma e o processo espetaculoso e a prisão de Lula, favorito nas eleições de 2018, fundaram-se num mesmo motivo: o combate à corrupção. Muitos observadores apoiaram essa vassourada dada em nome da justiça republicana – antes de perceberem que se tratava de um golpe de Estado que, ao final, favoreceu a extrema direita


CAPA - CLASSE MÉDIA SUPOSTAMENTE INDIGNADA COM A CORRUPÇÃO

As facetas ocultas da Lava Jato

Edição 146 | Brasil

As vestes dos personagens do processo político estão coladas na pele e na mente dos atores que as portam, de tal modo que eles próprios acreditam, no geral, que são aquilo que parecem ser


POPULISTAS E LIBERAIS

Quem elegeu Ursula von der Leyen?

Edição 146 | Europa

No dia 16 de julho, quando os deputados confirmaram a escolha dos chefes de Estado e de governo, as proclamações de campanha – “progressistas” contra nacionalistas – novamente cederam lugar a uma configuração política completamente diferente. Os parlamentares socialistas votaram ora contra a deputada Von der Leyen (franceses e alemães, em particular), ora a favor (espanhóis e portugueses).


EDITORIAL

Google, Facebook e a extrema direita

Edição 146 | Brasil

Está cada vez mais evidente a importância das redes sociais nas comunicações, mas continua havendo um mito de que essas redes são o espaço da liberdade, da livre expressão de qualquer um. Google e Facebook estão aí para dizer que não. Vejamos.


CAPA – OS FINS POLÍTICOS DO COMBATE À CORRUPÇÃO

Dar um sermão para o mundo ou transformá-lo?

Edição 146 | Brasil

A corrupção é uma das formas mais brutais de expressão do poder dos poderosos. Entretanto, será que os objetivos dos que combatem tal flagelo são tão nobres quanto alegam?


INTERVENCIONISMO DE PEQUIM, CRISE IDENTITÁRIA E SOCIAL

Indignação em Hong Kong, bomba relógio geopolítica

Edição 146 | Hong Kong

Eles começaram pedindo a retirada do projeto de lei sobre extradição; agora reivindicam sufrágio universal. Descendo às ruas às centenas de milhares, os habitantes de Hong Kong não esmorecem, apesar da repressão do poder local e das ameaças dos dirigentes chineses. O conflito pega mal para Pequim, num momento em que Washington tenta conter sua ascensão


OBSOLESCÊNCIA PROGRAMADA

Das porcarias às coisas que duram

Desde a crise de 1929, os industriais fabricam mercadorias que duram cada vez menos. O imperativo ambiental, contudo, implica desacelerar o consumo frenético de bens. Mas como enquadrar um dos pilares desse sistema que sustenta quase todos os governos? Uma ideia simples e de início inofensiva pode abrir uma brecha…


O DIA A DIA DO BLOQUEIO

Em Gaza, um povo enjaulado

Edição 146 | Palestina

Enquanto os israelenses vão às urnas para eleger um novo Parlamento em 17 de setembro, a Faixa de Gaza não para de afundar. Há treze anos, Tel Aviv submete o território palestino dirigido pelo Hamas a um bloqueio militar devastador. Quanto tempo a população conseguirá suportar?


UM GOVERNO DE ESQUERDA... MAS NÃO MUITO

A face oculta do milagre português

Edição 146 | Portugal

Frequentemente saudado por levantar a cabeça diante da Comissão Europeia e recuperar o poder de compra da população, o governo português enfrenta dificuldades. Diversas mobilizações populares agitam o país, como a greve dos caminhoneiros, e as lutas contra a precarização e por um aumento do poder de compra dizem respeito a todos os assalariados


FRÁGEIS CONCESSÕES AO MOVIMENTO DEMOCRÁTICO

“Estado profundo” comanda o Sudão

Edição 146 | Sudão

Pela primeira vez em décadas, os militares sudaneses precisam dividir o poder com os civis que dominam o Conselho Soberano, empossado em 21 de agosto. Uma transição de 39 meses deve conduzir a uma Constituição democrática. Mas o Exército mantém os ministérios-chave (Defesa e Interior) em um país empobrecido que depende da ajuda dos aliados sauditas e emiradenses


A FEMINILIDADE COMO VARIÁVEL DE AJUSTE

Faça do seu sorriso a sua profissão

Edição 146 | França

“Arrume a postura!”, “Sorria!”, “Penteie de novo os cabelos!”, “Não fique de costas!”: essas ordens não saem da boca de alguma mãe megera, mas de superiores hierárquicos que se dirigem a jovens empregadas usando tailleur


ENTREVISTA KLEBER MENDONÇA FILHO

Não há como dialogar com Bolsonaro

Edição 146 | Brasil

Depois do sucesso de Aquarius, em 2016, Kleber Mendonça Filho volta aos cinemas brasileiros acompanhado de Juliano Dornelles em Bacurau – um filme que pode ser diversão e mensagem política ao mesmo tempo


LIVROS

Miscelânea

Edição 146 | Brasil

POLÍTICA DE EVO MORALES

A esquerda boliviana produziu seus próprios coveiros?

Edição 146 | Bolívia

No poder desde 2006, o presidente boliviano, Evo Morales, vai disputar um quarto mandato em outubro. Suas políticas de redistribuição permitiram a emergência de uma classe média diversa. Porém, menos militantes do que no passado, essas parcelas da população não partilham necessariamente dos valores dos dirigentes a quem devem sua ascensão


TROPA POLITIZADA

O partido militar

Edição 146 | Brasil

A partir da campanha pelo impeachment, os militares recuperaram força política, com aumento de gastos e o comando do Ministério da Defesa. Tais acontecimentos revelavam que o Partido Togado estava deixando a cena depois de ter subtraído o papel dos políticos profissionais. E o vácuo começava a ser preenchido pelo Partido Militar


CAPA – TRADIÇÃO LACERDISTA

As duas faces da corrupção no Brasil

Edição 146 | Brasil

Tanto nos grandes jornais quanto nas manifestações dos “juristas políticos” perduram os dois eixos da linguagem lacerdista da corrupção, ora retratada como prática de elites moralmente degeneradas, ora como um mal intrínseco ao Estado, sobretudo quando este se imiscui em terrenos do mercado


CAPA – DE YELTSIN A PUTIN, UM MESMO SISTEMA

A oposição russa, sempre corrupta…

Edição 146 | Russia

Nos início dos anos 2000, Vladimir Putin instrumentalizou a luta contra a corrupção para tomar o poder que os oligarcas da era Yeltsin acumularam durante a transição pós-soviética. Era a vez daqueles que eram próximos do novo presidente enriquecer. Quinze anos depois, malversações e extorsões continuam parte integrante do capitalismo russo


CAPA – O PAPEL DA MÍDIA

Nos bastidores da investigação

Eles encarnam o contrapoder: jornalistas que pesquisam a corrupção dos poderosos. Esses investigadores provocaram a demissão de ministros, chacoalharam conselhos e, mais raramente, derrubaram empresários. Mas guardam um lado sombrio. O público não sabe nada sobre sua maneira de trabalhar, ao que se opõem e o que os motiva


CAPA – CORRUPÇÃO E DISPUTA POLÍTICA NA ÍNDIA

Um mal endêmico entre os políticos

Edição 146 | Índia

Se mesmo a dinastia Gandhi foi acusada de corrupção, o novo homem forte da Índia, Narendra Modi, não deixa nada a desejar a seus predecessores. Seus gastos de campanha com a edição legislativa (de 11 de abril a 19 de maio de 2019) bateram um recorde mundial